MP que privatiza a Eletrobrás passa no senado: Rogério comemora ao lado de ministro

A votação está prevista para a próxima segunda (21), um dia antes de a MP perder a validade.
Quinta-Feira, 17 de Junho de 2021 - 20:22

O senador de Rondônia Marcos Rogério (DEM), após virar alvo de um movimento nacional contrário à privatização da Centrais Elétricas Brasileiras (Eletrobras), comemorou hoje (17) a aprovação da Medida Provisória N°1031/2021, da qual foi relator, ao lado do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

A aprovação ocorreu na sessão do Senado Federal. No final, a MP passou com 42 votos favoráveis e 37 contrários. Toda a peça da MP vai retornar à Câmara dos Deputados. A votação está prevista para a próxima segunda (21), um dia antes de a MP perder a validade.

“Entramos pra história hoje com um grande avanço no setor elétrico, a Medida Provisória que garante a capitalização da Eletrobras. Depois de dois dias intensos, tivemos hoje a aprovação final da MP. Foi um trabalho árduo com a cooperação de todos, do Governo, do Ministério, dos senadores, das lideranças e tivemos a aprovação desse texto que garante o protagonismo a ela, com capacidade de investimentos e ao mesmo tempo energia mais limpa e barata para a população”, disse ele ao lado do Ministro.  

O governo Bolsonaro afirma que a privatização da Eletrobras pode reduzir a conta de luz em até 7,36%. De certo, a projeção é que a União fique com cerca de 45% das ações da Eletrobras que é considerada a maior empresa de energia elétrica da América Latina.

Fonte - NewsRondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.