Acre: Polícia fecha cerco contra facções; Em Feijó e Tarauacá entradas e saídas foram fechadas para evitar a fuga de bandidos

A operação é um desdobramento de uma outra ação ocorrida no dia 30 julho de 2020.
Quinta-Feira, 17 de Junho de 2021 - 19:48

Um efetivo de 120 policiais militares, civis e federais participou de uma operação para colocar membros de facções criminosas com atuação no Acre, atrás das grades. Contra os bandidos, estão crimes de assassinato, narcotráfico e tráfico de drogas com atividades dentro e fora dos presídios de Rio Branco.

Nesta quinta-feira, (17), 104 ordens judiciais expedidas pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas de Rio Branco foram cumpridas nos municípios de Feijó, Tarauacá e na capital.

A Polícia montou barricadas, fechou entradas e saídas dos municípios para evitar a fuga dos criminosos. A maioria dos presos na operação “Tabuleiro III” já respondia por delitos graves. Os investigados vão responder pelos crimes de organização criminosa, com penas que variam de 3 a 8 anos.

Segundo a Polícia, os suspeitos exerciam funções nas dentro das células, inclusive sendo conhecidos como lideranças regionais nesta parte do Brasil. A operação é um desdobramento de uma outra ação ocorrida no dia 30 julho de 2020.

Na época, 52 mandados judiciais foram cumpridos. Já na segunda parte da ação, em maio desde ano, a Força Integrada apontou os esforços para a desarticulação de uma ramificação do grupo criminoso PCC com atuação no município de Senador Guiomard.

Fonte - NewsRondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.