Seas entrega kit enxoval do programa 'Mamãe Cheguei' para 28 gestantes de Cacoal

A gestante Luana Saar Conceição foi uma das mamães contempladas pelo Programa.
Quinta-Feira, 17 de Junho de 2021 - 08:09

Nesta quarta-feira (16), em Cacoal, 28 kits do programa “Mamãe Cheguei” foram entregues para gestantes em situação de vulnerabilidade social do município. A iniciativa é do Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), com o apoio das prefeituras municipais.

O “Mamãe Cheguei” tem como objetivo principal a redução da mortalidade infantil por meio do fortalecimento do vínculo entre mãe e filho durante o pré-natal ao mesmo tempo em que contribui com os cuidados essenciais para o bebê em seus primeiros meses de vida.

Composto por diversos itens, o kit enxoval conta com banheira, roupas, fraldas descartáveis e de tecido, jogo de lençol, travesseiro, toalha de banho com capuz, uma bolsa maternidade, além de itens de higiene e cuidados com o bebê.

A gestante Luana Saar Conceição foi uma das mamães contempladas pelo Programa. Para ela, o enxoval chega em boa hora. “Ajuda muito! Eu sou sozinha e recebo um salário mínimo, então é difícil. Como eu, tem muitas mães solteiras que precisam de apoio”, destacou. Com o kit em mãos, Luana, que está grávida de oito meses, fala com emoção. “Receber esse kit aumenta ainda mais a expectativa do nascimento do bebê!”.

Com essa entrega, o Programa soma 466 mamães atendidas apenas na Região do Café. Desde a primeira fase executada em 2020, 164 kits já foram entregues em Cacoal, 86 em Pimenta Bueno, 118 em Espigão D’Oeste, 16 em Primavera de Rondônia, 31 em Parecis, 28 em Ministro Andreazza e 23 kits em São Felipe D’Oeste.

A grávida Mirian Soares Bento da Silva, de 25 anos, aguarda a chegada de Maria Cecília. Aos oito meses de gestação, ela fala que o  Mamãe Cheguei traz alívio ao seu coração. “É algo muito bom, que realmente ajuda a gente. As coisas estão muito caras e depois que a bebê nascer, os gastos vão aumentar. Este é um programa que surgiu para deixar nós, mamães, mais tranquilas”.

Sobre a expetativa para a chegada de sua filha, Mirian destaca que “é uma mistura de sentimentos: ansiedade e preocupação. Ganhar as coisas para ela ajuda a dar uma aliviada. Esse kit é algo que faz a diferença mesmo”, finaliza.

Acompanhando a entrega dos kits para as mamães, o secretário executivo regional do Governo, José Moura, destacou a emoção de ver a felicidade no rosto de cada gestante. “É algo muito espetacular. A gente consegue perceber que a expectativa e a ansiedade das mães aumentam quando elas recebem os kits. Elas ficam ainda mais radiantes. É uma ação que veio para fazer a diferença na vida dessas mulheres”, ressaltou o secretário.

INSCRIÇÃO

Todas as grávidas com até 22 semanas, em situação de vulnerabilidade social, que possuem Cadastro Único (CadÚnico) podem se inscrever. As interessadas devem se dirigir a uma das unidades dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) dos seus municípios.

Para efetivar o cadastro, é importante ter o comprovante de inscrição do CadÚnico do Governo Federal, documento de identificação pessoal; inscrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF); comprovante de residência e cartão do pré-natal.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.