Deputado Anderson destaca vacinação de todos servidores das forças de segurança

Parlamentar também expôs descontentamento da Polícia Civil quanto a novo contrato de viaturas
Quarta-Feira, 16 de Junho de 2021 - 15:40

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS), na sessão ordinária desta terça-feira (15), destacou vários assuntos, dentre eles, o esclarecimento de sua fala, quanto a vacinação de apenados com prioridade sobre os policiais penais e a denúncia sobre contrato de locação dos veículos que serão utilizados pelas policiais Civil e Militar em novo contrato feito pelo governo.

O parlamentar havia informado o repúdio dos policiais penais quanto a priorização da vacinação dos apenados antes dos profissionais do sistema penitenciário, deixando os servidores em último plano. Anderson informou que após sua fala na sessão do dia (8), o secretário de Justiça enviou todas as informações que o parlamentar precisava, inclusive que o governo em parceria com a prefeitura de Porto Velho, priorizou e autorizou da vacinação de todos os agentes das forças de segurança, que estão sendo imunizados em ritmo acelerado.

Uma denúncia chegou até o parlamentar que expôs o assunto em tom de preocupação. Anderson foi informado que o contrato de prestação de serviço dos veículos utilizados pelas policiais Civil e Militar, foi substituído por outro com a intenção de gerar economia, mas acabou trazendo descontentamento para a Polícia Civil.

“A informação que nos foi passada dá indícios de que a Polícia Civil não vai mais atuar com caminhonetes, recebendo assim veículos modelo Gol 1000, para atuarem em diligências de quaisquer naturezas. Protocolamos na Comissão de Segurança, pedido solicitando informações para apurar os fatos, entendemos que se for contemplar apenas o setor administrativo é justificável, agora se for para as equipes de investigações é totalmente inviável”, finalizou o deputado Anderson Pereira.

Fonte - 010 - Assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.