Câmara rejeita denúncia contra Prefeito Isaú Fonseca em sessão tranquila

Antes da votação, a messa diretora aprovou o impedimento do vereador Wellinton Fonseca (MDB) de votar no processo, por este ser filho do Prefeito, passando momentaneamente a presidência ao vereador Marcelo Lemos (PSD), que conduziu a votação.
Quarta-Feira, 16 de Junho de 2021 - 14:27

Na sessão da noite desta terça-feira (15) a Câmara de Vereadores de Ji-Paraná rejeitou a abertura de processo de impeachmente contra o Prefeito Isaú Fonseca (MDB). Foram 10 votos contrários à abertura, cinco votos favoráveis, um impedimento e uma ausência. Antes da votação, a messa diretora aprovou o impedimento do vereador Wellinton Fonseca (MDB) de votar no processo, por este ser filho do Prefeito, passando momentaneamente a presidência ao vereador Marcelo Lemos (PSD), que conduziu a votação.

A denúncia foi apresentada por eleitor local, em razão do Prefeito ter nomeado o genro como presidente da Autarquia Municipal de Trânsito (AMT).

O vereador Marcelo Lemos esclareceu à população que toda a condução do processo seguiu os ritos regimentais da Câmara de Ji-Paraná e preceitos legais, passando pela análise da Procuradoria-Geral da Casa e votação em plenário. Disse ainda que o resultado da votação expõe com clareza que não havia fundamentação para que um impeachment fosse aprovado.

Outro ponto citado pelo vereador é a tranquilidade na votação do processo, com a população deixando claro que não havia motivo para a medida drástica de impeachment por entender que trata-se de uma denúncia política e não técnica ou que expusesse grave erro do Executivo Municipal.

Votaram contra o impeachment os vereadores Marcelo Lemos (PSD), Lorenil Gomes (PSDB), Jucelia Dallapicola (PSDB), Westerley Cardoso (PDT), Ademilson Procópio (PDT), Janethe de Almeida (DEM),Edinho Fidélis (Republicanos), Beto Wosniack (PDT), Josiel Carlos de Brito (MDB) e Wanderson Candido de Araujo (PSB).

A favor votaram Rosana Pereira (DEM), Alexandre Barroso (DEM), Vera Marcia (PT), Edisio Barroso (SD) e Brunno Carvalho (SD).

Elvis Gomes (Republicanos) foi a ausência registrada e Wellinton Fonseca impedido de votar.

Fonte - Assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.