Intubação de idosos com Covid-19 cai de 80% para 8% em Vilhena

Queda no número de pessoas com mais 60 anos intubadas foi percebida após vacinação. De acordo com o Governo de Rondônia, Vilhena já aplicou 84,4 % das vacinas recebidas até o momento
Quarta-Feira, 16 de Junho de 2021 - 08:35

A intubação de idosos em tratamento da Covid-19 caiu 90% em Vilhena (RO) entre os meses de janeiro de junho de 2021, segundo informações do Hospital Regional de Vilhena (HRV), divulgadas pela Prefeitura do Município nesta terça-feira (15).

Segundo a prefeitura, a queda no número de casos graves da doença neste grupo foi percebida após a vacinação contra o novo coronavírus. De acordo com o Governo de Rondônia, Vilhena já aplicou 84,4 % das vacinas recebidas até o momento, sendo 19.876 como primeira dose e 8.771 da segunda.

Os dados do HRV apontam que em janeiro de 2021 80% das pessoas intubadas com Covid-19 no município eram idosos. Atualmente, o número reduziu para 8%. Com relação aos pacientes internados na UTI, houve uma redução de 72% para 11% no mesmo período.

Sobre a internação em enfermaria, ocorreu uma oscilação ao longo dos meses. Em janeiro, os idosos ocupavam 56% dos leitos. No mês seguinte o número reduziu para 20%, em seguida voltou a subir, chegando a 55%, e desde então vem apresentando tendência de queda. Atualmente não existem idosos internados na enfermaria do Hospital.

Apesar de a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes adultos estar em 95% no município, segundo informações do Governo do Estado, apenas 11% deles estão ocupados por pessoas com mais de 60 anos.

A secretária de saúde, Siclinda Raasch, disse que o Município tem a preocupação em vacinar os grupos que são mais vulneráveis à Covid-19 e que por isso ainda não começaram a imunizar adolescentes, apesar de ter sido liberado pela Anvisa na última semana.

Já vacinados

Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas ou não;

Pessoas com deficiência institucionalizadas;

Povos Indígenas Aldeados;

Trabalhadores de Saúde;

Pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas;

Pessoas com deficiência permanente;

Pessoas em situação de rua;

População privada de liberdade;

Funcionários do sistema de privação da liberdade.

Vacinação em andamento ou agendados:

Trabalhadores da Educação do Ensino Básico;

Trabalhadores da Educação do Ensino Superior;

Forças de segurança e salvamento;

Forças armadas;

Trabalhadores do transporte coletivo rodoviário;

Trabalhadores do transporte aéreo;

Caminhoneiros;

Aguardando recebimento das doses:

Trabalhadores industriais;

Trabalhadores de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos.

Os demais grupos do Plano Nacional de Imunização (PNI) não estão incluídos na lista porque o Município não possui pessoas do grupo.

Fonte - 025-G1

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.