FLERTANDO COM A MORTE: portovelhenses ignoram coronavírus e festas acontecem aos montes na capital

Na zona Leste, a Polícia Militar acabou com um evento onde estavam mais de 500 pessoas.
Terça-Feira, 15 de Junho de 2021 - 08:28

O boletim da última segunda-feira (14), divulgado pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), revela que no estado de Rondônia, 5.916 pessoas já perderam a vida para a Covid-19.  Com os dados assustadores está um fator atribuído a própria população, o temor pela doença tem diminuído e dado lugar a um show de irresponsabilidade com a vida alheia.

Essa despreocupação reflete no aumento de casos. Dos 955 registros confirmados na segunda-feira, (14) cerca de 381 foram na capital que contabiliza 2.399 mortos desde o início da pandemia em março de 2020. Os casos ativos somam 7.986.

E quando se trata de irresponsabilidade, a maioria dos porto-velhenses não tem limite. O final de semana foi marcado por festas e aglomerações por todos os cantos da cidade. Na zona Leste, a Polícia Militar acabou com um evento onde estavam mais de 500 pessoas.

A maioria dos presentes eram jovens que se quer usavam máscara. Autoridades pontuam que mesmo diante das fiscalizações, “os abusos cometidos por moradores e empresários continuam em Porto Velho”.

Levantamento apontou que Rondônia concentra cinco municípios entre os dez do país com a maior taxa de mortes pela Covid no Brasil. Porto Velho conta com a segunda maior média de mortes por covid-19 por 100 mil habitantes, com 411 mortes, atrás apenas de Cuiabá (MT) e à frente de Manaus, que viveu grande crise sanitária de repercussão nacional.

 

Fonte - NewsRondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.