News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 13 de Junho de 2021

Livre

Tendo Rondônia como membro, Consórcio vai analisar decisão da ANVISA sobre a Sputnik-V

Outros consórcios interestaduais também manifestaram intenção de compra.
Segunda-Feira, 07 de Junho de 2021 - 17:38

Os conselheiros do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC) vão analisar amanhã (08), a partir das 10h (horário de Brasília), a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) de recomendar a importação excepcional e temporária da vacina russa (Sputnik V) e da indiana (Covaxin).

A recomendação da Agência Nacional foi publicada na última sexta-feira (04), e abriram “precedentes” para que os governos do nordeste façam a compra diretamente com os fabricantes dos imunizantes. Outros consórcios interestaduais também manifestaram intenção de compra.

Após a reunião do Conselho do BrC, os governadores vão ser acionados para uma audiência. O governador, Marcos Rocha, deve participar do encontro. A data da reunião que deve acontecer com os representantes de Goiás (GO), Distrito Federal (DF), Maranhão (MA), Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS) e Tocantins (TO) ainda não foi divulgada, mas deve ocorrer ainda nesta semana.

Hoje (07), o vice-governador do DF, Paco Britto (Avante), afirmou que o Consórcio ingressou com um pedido para que a Agência estenda a decisão de importar e aplicar os imunizantes nos estados que compõem o grupo. Segundo ele, 28 milhões de doses da vacina da Rússia devem ser compradas em caráter temporário.

De acordo com a decisão da ANVISA, as autoridades de saúde brasileiras contempladas, no caso do nordeste, devem restringir o público a ser vacinado, limitar a importação inicial a um volume pequeno e também devem impor testes laboratoriais, com limite de 1% da população.

Fonte - Assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.