News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 15 de Junho de 2021

18 anos

VIOLÊNCIA - Três execuções em menos de 24 horas, em Rio Branco

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Sabado, 05 de Junho de 2021 - 09:21

Após o feriado de Corpus Christi, a sexta-feira (4), em Rio Branco, foi de muito sangue. Em um intervalo de 12 horas, resultaram em três mortes violentas de criminosos.

O primeiro executado foi de Wivile Ferreira, de 22 anos, que morreu no Pronto-Socorro de Rio Branco ao ser atingido por dois tiros enquanto tentava assaltar moradores da rua 16 de outubro, no bairro Quinze.

De acordo com testemunhas, o assaltante foi abatido por um policial que passava pelo local. Durante os disparos, um senhor foi atingido na barriga e também teve que ser levado ao PS estável.

Já a segunda morte foi do assaltante Bruno Bittencourt que foi agredido a golpes de tijolos e terçado até a morte na tarde desta sexta-feira, 4, após juntamente com mais dois bandidos render um motorista de aplicativo de 51 anos e feri-lo com um tiro no rosto. O crime aconteceu na rua Anderson Alves, no bairro Recanto dos Buritis, no Segundo Distrito de Rio Branco.

A terceira morte foi do proprietário da Mercearia Ceará, o detento monitorado por tornozeleira eletrônica, Maxiano da Silva Soares, 32 anos, executado a tiros dentro do seu estabelecimento na noite desta sexta-feira, 4. O crime aconteceu na Travessa da Judia no bairro Recanto dos Buritis no segundo distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Maxiano estava com um funcionário no comércio, quando homens não identificados invadiram a mercearia e em posse de armas de fogo efetuaram nove tiros que atingiram a cabeça e as costas da vítima. Após a ação os criminosos fugiram do local. O funcionário de Maxiano que estava no fundo do comércio saiu ileso durante a ação dos bandidos.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A Polícia investiga se a morte de Maxiano pode ter relação com o homicídio do assaltante Bruno Bittencourt, que foi agredido a golpes de tijolos e terçado até a morte na tarde desta sexta-feira, 4, na rua Anderson Alves, no mesmo bairro.

Fonte - AC24HORAS

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.