News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 15 de Junho de 2021

Livre

Canal de Suez reduz pedido de compensação para US$ 550 milhões; dona do Ever Given oferece US$ 150 milhões

Audiência judicial que seria realizada no sábado (29) no Egito foi adiada para o dia 20 para dar mais tempo para as duas partes negociarem uma solução, segundo a agência de notícias Reuters.
Terça-Feira, 01 de Junho de 2021 - 09:59

A Autoridade do Canal de Suez (SCA, sigla em inglês) reduziu de US$ 916 milhões para US$ 550 milhões o pedido de compensação à dona do navio Ever Given, a japonesa Shoei Kisen, pelos danos causados pelos seis dias de bloqueio à principal ligação entre a Ásia e a Europa.

O presidente da SCA, Osama Rabie, disse que a Shoei Kisen ofereceu pagar US$ 150 milhões.

A SCA exige um depósito à vista de US$ 200 milhões para liberar o navio, que segue ancorado em um dos lagos do canal, o Grande Lago Amargo, e aceita receber o restante por meio de cartas de crédito.

O Ever Given tem bandeira panamenha e era operado por uma empresa alemã (a Evergreen), mas é de propriedade da empresa japonesa. Sua tripulação é indiana e ela segue dentro do meganavio.

Uma audiência judicial que seria realizada no sábado (29) no Egito foi adiada para 20 de junho para dar mais tempo para as duas partes negociarem uma solução, segundo a agência de notícias Reuters.

O Ever Given, um dos maiores porta-contêineres do mundo, encalhou no canal em meio a fortes ventos em 23 de março, interrompendo o tráfego nas duas direções e afetando o comércio global.

Com 400 metros de comprimento e 220 mil toneladas, o Ever Given bloqueou o km 151 do canal e foi desencalhado seis dias depois.

A importância do Canal de Suez

O Canal de Suez é uma das passagens marítimas mais importantes do mundo, por onde transitam cerca de 12% do comércio global, e fornece a ligação mais curta entre a Ásia e a Europa.

A alternativa é dar a volta em toda a África, pelo Cabo de Boa Esperança, o que faz o trajeto entre os portos do Golfo e de Londres ter o dobro de distância e adiciona de uma a duas semanas à viagem.

Cerca de 50 navios passaram por dia no canal em 2019, o que representa quase um terço do tráfego mundial de navios de contêineres. A rota concentra grande parte do petróleo transportado por mar.

A ligação entre o Mar Vermelho ao Mediterrâneo foi inaugurada em 1869 e hoje é uma das rotas de navio mais utilizadas do mundo, com capacidade para receber embarcações de até 240 mil toneladas.

Fonte - 20 - Por G1

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.