News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 13 de Junho de 2021

10 anos

Assassinado na porta de casa, monitorado já havia pago a 1ª parcela do caixão

Romário ainda buscou abrigo, correndo para dentro de casa, mas caiu em seguida, próximo a um quarto.
Quinta-Feira, 27 de Maio de 2021 - 20:40

Romário da Silva Cunha, tinha 37 anos era mais conhecido alcunha de “Índio”. Na noite de quarta-feira (26), o homem não escapou, depois de ser alvo de tiros na porta da casa dele, no município de Brasiléia, no interior do Acre. No momento da ação, Romário e a esposa estavam sentados em frente da casa deles.

Foi apurado que dois homens chegaram a pé e dispararam diversos tiros. Um dos projeteis perfurou o peito da vítima. Romário ainda buscou abrigo, correndo para dentro de casa, mas caiu em seguida, próximo a um quarto. A mulher conseguiu escapar sem ferimentos.

Com o crime, veio à tona uma informação que pegou toda a família do preso de surpresa. Romário estava jurado de morte e sabia que a qualquer instante seus algozes iriam encontrá-lo. O homem, inclusive se preparou.

Após o crime, um representante de uma funerária procurou a delegacia buscando informações da vítima. Ao delegado, o representado da empresa funerária explicou que Romário havia comprado seu caixão recentemente. Ele ainda chegou a pagar a primeira parcela. A vítima foi enterrada na manhã de hoje no cemitério público de Brasiléia.

Após o crime, suspeitos fugiram atravessando o Acre em direção à Bolívia. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do município fronteiriço, mas é apontado como acerto de contas.

Outro caso

Com características parecidas, a Polícia Civil do Acre já identificou os assassinos da dona de casa, Antônia Francisca Miranda Lima, 29 anos. Ela desapareceu na terça-feira (25), após ser vista pela última vez na companhia de dois homens.

O corpo da mulher foi encontrado no dia seguinte em um lixão com pelo menos 50 perfurações feitas por uma faca. A vítima morava em Plácido de Castro e o sumiço dela foi denunciado por parentes. Em menos de 24 horas, a Polícia já havia capturado dois suspeitos, um homem de 19 anos e um adolescente de 16.

Antônia Francisca acreditava que seria morta. Na rede social, ela chegou a postar uma mensagem de despedida. “Lembranças vão ficar, com #família e um emoji com expressão triste. Reserva um lugar na tua casa senhor”.

Os criminosos confirmaram que mataram a dona de casa por vingança, após ela ter denunciado os dois. Não foi informada a ligação de Francisca com os acusados. A dona de casa deixou 5 filhos.  

Fonte - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.