News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sábado, 12 de Junho de 2021

Livre

Chacareiros otimistas com programa de mecanização e melhoria de vicinais do governo no Campo Rondônia

Além do cultivo de flores (Empreendimento César das Flores) que atende os mercados interno e externo.
Terça-Feira, 11 de Maio de 2021 - 17:27

Porto Velho, RONDÔNIA – Diante das novas oportunidades de fortalecimento da agricultura familiar pelo Governo do Estado, com base no lançamento do Programa “Governo No Campo – Rondônia”, chacareiros do Jardim Santana e da Estrada dos Periquitos disseram, nesta terça-feira (10), estarem otimistas com a inclusão do setor nessa empreitada governamental no decorrer deste ano.  

De acordo com a presidente da Associação de Ação Popular Integrada Hortifrutigranjeiros da União (AAPIHGU), Gabriela Ortiz Camargo, nos campos do ex-Setor Militão, Periquitos, Estrada do Areia Branca e em outros vinculados a essa entidade, ‘necessitamos impulsionar a economia verde através de fomento, uso de maquinário e insumos advindos dos programas e ações governamentais’. 

Segundo ela, o futuro Programa do Governo sob a chancela da Secretaria de Agricultura (SEAGRI), ‘tem tudo para dá certo também no setor chacareiro e do agronegócio familiar’. Para isso, a entidade em questão dispõe de um diagnóstico elaborado pela EMATER/SEAGRI que aponta todas as potencialidades sociais, econômicas e vivência no campo.

Os chacareiros, distribuídos em várias microrregiões da cadeia produtiva urbana e rural desta Capital, muito antes do ano de 1997, são responsáveis por grande parte doa abastecimento de hortaliças, legumes, tubérculos (Inhame, abóbora, cará e outros), frutíferas e animais domésticos de corte. Além do cultivo de flores (Empreendimento César das Flores) que atende os mercados interno e externo.

Com essa visão de mundo, os chacareiros da AAPIHGU já haviam listado ao Governador Marcos Rocha, ao titular da SEAGRI (Evandro Padovani) e ao Diretor-Presidente da EMATER (Dr. Leandro Brasil), ‘as demandas para o quadriênio 2019-22 a fim de contarem com o incentivo às suas propriedades rurais’, recordou Gabriela.

À época, ela expressou o desejo dos associados da entidade que dirige de contarem com a oferta de serviços de melhoria na correção de pontos críticos das vicinais, travessões e linhas; bem como doação de calcário, maquinário (tratores, tratoricos, caminhão ¾, lâminas, carretinhas etc), crédito, materiais e equipamentos. Além de insumos, mudas e sementes.

Os chacareiros se disseram confiantes com o sucesso do programa Governo Campo – Rondônia e acreditam que, dessa vez, mediante a parceria já estabelecida com a SEAGRI e EMATER – por estarem presentes no campo chacareiro Jardim Santana, Estrada dos Periquitos e do Areia Branca, ‘o sonho de serem inseridos nesse programa se torne realidade ainda neste ano’.

O território ocupado pelos chacareiros vinculados à AAPIHGU é muito vasto e compreende inúmeras propriedades de pequenos agricultores que ocuparam, mansa e pacificamente, terras pertencentes à União. Atualmente, devido a estragos causados por sucessivos invernos nas vias de acesso ao Setor Chacareiro através das Linhas Amazonas, Raimundo Cantuária, Mineiros, Jerusalém, Afonson Brasil, Travessão Santarém E OUTRAS, a formação de buracos, crateras, aluviões e obstrução de canais naturais, esse quadro crítico impede o escoamento da produção até a cidade e região.

- Nossa saída pela solução desses problemas recorrentes é, sim, a entrada urgente de maquinários pesados, seja da Prefeitura, seja das patrulhas do DER pelo Governo do Estado, arrisca a presidente Gabriela Ortiz Camargo.

Fonte - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.