News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 15 de Junho de 2021

Livre

Produtividade do TJRO em abril cresceu mais de 70%, em comparação com o mesmo período em 2020

Balanço revela que mais de 1,3 milhão de atos judiciais foram realizados no mês passado.
Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021 - 16:54

Uma nova realidade já consolidada. O trabalho realizado em casa, audiências e sessões pela internet, atendimento ao público por meio de canais digitais são alguns meios utilizados pelo Poder Judiciário de Rondônia para manter a prestação jurisdicional há mais de um ano. Os números produzidos até agora comprovam que, após período de adaptação ao trabalho durante a pandemia, houve crescimento expressivo no atendimento. No mês de abril de 2021, a Justiça em Rondônia registrou 1.324.359 atos somados nos primeiro e segundo graus de jurisdição, além dos juizados especiais e Turma Recursal. O volume de trabalho representa um aumento de 73%, comparando com o mesmo período do ano passado, quando o judiciário ainda estava se adequando às medidas de distanciamento social.

Dentre sentenças, despachos, decisões e atos de serventuários (cartórios) foram 561 mil atos realizados, sendo a maior parte no primeiro grau. Somente as sentenças cresceram 30%, somando, este ano, 22.979. As decisões subiram de 59.201 para 66.218, um aumento de 11%, e os despachos, 3%. Já os atos de cartórios cresceram 80%.

Desde o início da adoção de medidas restritivas no Tribunal de Justiça de Rondônia, em 16 de março de 2020, a produtividade vem sendo disponibilizada em área específica na página do TJRO, na internet. Até agora o balanço, acompanhado pelo Conselho Nacional de Justiça, aponta para mais de 17 milhões de atos realizados pelo PJRO, e quase 300 mil sentenças proferidas. "Esse resultado é reflexo do compromisso da instituição em garantir as soluções mais seguras e eficientes para manter a tramitação dos processos. Além da produtividade, pudemos também garantir a economia para os cofres públicos com transparência e celeridade", avaliou o presidente do TJRO, desembargador Paulo Kiyochi Mori.

Fonte - Assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.