News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 13 de Junho de 2021

Livre

Faculdade Católica de Rondônia anuncia novo coordenador do curso de Direito

Para dar sequência às atividades do curso que não podem parar, o diretor fez questão de destacar que ninguém melhor do que o professor Cleverton Reikdal para assumir a coordenação do curso.
Quinta-Feira, 06 de Maio de 2021 - 17:55

Cleverton Reikdal. Este é o nome do mais novo coordenador do curso de Direito da Faculdade Católica de Rondônia (FCR). Ele é graduado em Direito (2014), mestre em Administração Pública (2018) e, atualmente, doutorando em Ciência Jurídica pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência Jurídica (PPCJ) da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) em parceria com a FCR.

Reikdal desenvolve pesquisas nas áreas de políticas públicas sobre gêneros, do exercício da democracia no Brasil, planejamento e fiscalização de licitações e contratos públicos e suas repercussões, direito civil e empresarial. A indicação de seu nome ocorreu recentemente, após a perda do até então coordenador, Prof. Me. Stênio Castiel, vítima da Covid-19.

O advogado e professor, ex-coordenador do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ), assume o curso carro-chefe da Instituição que, nos últimos anos, alcançou um grande reconhecimento no Estado e na região amazônica. Entre eles, os melhores índices de aprovação no Exame de Ordem Unificado, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e nota de excelência no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

Reikdal avaliou que na área do Direito tem sido percebida uma expansão da comunicação através das tecnologias e ferramentas de conexão em tempos real como, por exemplo, o compartilhamento de arquivos ou aproximação de pessoas. “O uso destas novas tecnologias na área do ensino desenvolve e consolida as novas competências de quem vai atuar profissionalmente em nossa área”, disse.

De acordo com ele, para 2021 na gestão do novo curso, há a perspectiva de uma nova organização comportamental, cada vez mais conectada e exigente na criatividade para fazer o novo, com este ‘novo normal’ mediante um uso consciente e inovador das novas tecnologias. “O Direito precisa entender que a noção de espaço e tempo exige uma nova ferramenta de movimento, uma ferramenta que aproxima e permite maior liberdade de atuação”, acrescentou.

MERCADO DE TRABALHO

Um acadêmico de Direito tem uma elevada expectativa em assumir o mercado de trabalho com maestria, sucesso e reconhecimento. Desta forma, o futuro profissional exige comprometimento.

“Desde atos como estruturação e atuação em audiências virtuais, como elaboração de petições, pareceres jurídicos e outras peças com o uso do visual law, serão as novas exigências do mercado. Então, participar de eventos de tecnologia é tão importante como seminários e congressos da área do Direito”, analisou Reikdal ao reforçar a inserção do reconhecimento da diversidade humana, direitos humanos e sustentabilidade na atuação profissional. “Os trabalhos em equipe são essenciais para o presente e futuro, fazer parcerias com outras pessoas, profissionais e instituições, são essenciais para a completude das competências pessoais”, acrescentou.

NOVA GESTÃO

A nova coordenação compromete-se a dar continuidade com um trabalho de gestão humana e consciente alinhado aos pilares fundamentais da FCR, ou seja, os princípios ético-cristãos, inclusão social e no desenvolvimento sustentável da região amazônica. “Pretendo dar ainda mais ênfase à importância da pesquisa, extensão, aproximação com a comunidade e parcerias com instituições privadas e públicas”, garantiu Reikdal. Ele acrescentou ainda que, a ideia é desenvolver e colaborar para que as pessoas egressas fiquem satisfeitas com o investimento promovido na carreira.

INVESTIMENTOS EM EXTENSÃO

A proposta, a partir de agora, é ampliar os cursos de extensão em duas grandes linhas, uma voltada ao aprendizado e preparo profissional e outra à aproximação com as demandas sociais que se encontram fora do mercado tradicional.

Já estão sendo alinhados cursos de extensão prática no aprimoramento de sistemas informativos (PJe, SEI, PROMAD, PROJURIS, entre outros), ou de gestão, como atuação profissional em escritórios, órgãos públicos (uso de visual law, ferramentas de texto, imagem); e na área das demandas sociais, manter o NPJ próximo a sociedade para identificar as demandas e propostas práticas de solução.

EXPECTATIVA

Segundo o novo coordenador, a ideia é valorizar o espaço do amigo e ex-coordenador Stênio Castiel. “Nesta nova empreitada quero fazer de uma forma de orgulhar aquele que muito se importou com um ensino de qualidade e valorização do corpo discente e docente”. Ele ressaltou ainda que quer seguir com estruturas das gestões que já foram promovidas com excelência como, por exemplo, pelo Prof. Dr. Pedro Abib e Dra. Daniela Lopes Faria.

“Importantes profissionais que sempre incentivaram um ensino voltado à pesquisa, a produção, valorização do pensamento livre e humanitário. Tenho expectativas em atuar num ambiente de integração cada vez maior com os demais cursos da instituição, que, numa identidade única, poderemos alcançar nossos sonhos de uma IES de qualidade para a nossa região”, detalhou Reikdal.

ORGULHO

“A comunidade acadêmica deve sempre se orgulhar de fazer parte da FCR, pois estão em um ambiente de excelência, que valoriza sempre a pessoa e suas diferenças. A preparação profissional está para além da técnica, está na constituição de competências de uma pessoa conectada com sua realidade e buscando sempre um presente e futuro melhor. Não somos conquistadores de espaços, somos pessoas voltadas a constituir e criar espaços para que cada pessoa possa existir, ser reconhecida e alcançar toda a potência da vida humana. Somos a FCR, construímos e permitimos a construção”, concluiu o novo coordenador do curso de Direito da Instituição.

GESTÕES RECONHECIDAS, POTENCIALIZAÇÃO E HOMENAGEM

O Prof. Dr. Pedro Abib, diretor da FCR, que já atuou como vice (2013/2016) e também como coordenador (2016/2019) do curso de Direito considerou que o sucesso e o reconhecimento do curso se dão, dentre outras coisas, pela qualidade dos egressos e o comprometimento do corpo docente. 

Ele lembrou as gestões passadas, que acompanhou também de perto, que fizeram um trabalho fundamental para que se alcançasse o patamar atual de reconhecimento: “isso se deve ao brilhante trabalho que foi desenvolvido pelos coordenadores de curso, tais como a Profa. Daniela e o Prof. Stenio”.

Entre os anos de 2016-2019 Abib foi o coordenador titular. Mas, no fim do último ano na função, precisou ‘passar a bandeira’ para realizar estudos fora do país. Foi aí que Stênio Castiel deu sequência ao trabalho. “Ele enfrentou um momento de muita dificuldade, qual seja, o período de transição entre as atividades presenciais para as atividades remotas e híbridas em função da pandemia”, e acrescentou que “o Prof. Stênio deixa um legado importantíssimo para o curso de direito. Todos os dias, a frente da coordenação do curso, o Prof. Stênio defendeu a necessidade de que o curso apresentasse à sociedade profissionais imbuídos em construir uma sociedade mais justa, fraterna e solidária”, citou Abib.

Para dar sequência às atividades do curso que não podem parar, o diretor fez questão de destacar que ninguém melhor do que o professor Cleverton Reikdal para assumir a coordenação do curso. “Ele reúne todas as características, as competências e as habilidades para assumir essa coordenação e manter os níveis que o curso de direito da FCR atingiu e, ainda, para potencializar aqueles eixos, aquelas atividades que ainda não tínhamos alcançado a excelência”, reconheceu Abib.

Para o diretor, o professor e agora coordenador, além de ser um excepcional gestor de pessoas, seja na advocacia ou junto ao NPJ, também é alguém organizado e metódico e, por essas características, conseguirá atualizar e manter toda a documentação do curso, que é extremamente importante.

“Desejo excelente trabalho e tenho certeza que é a pessoa mais indicada para assumir este lugar que era até então ocupada por um profissional fora de série, excelente advogado e pessoa, o Prof. Stênio que fica na nossa lembrança e memória”, ainda acrescentou que “o Prof. Cleverton, tenho certeza, por todas as suas capacidades e uma visão pedagógica e de futuro ímpar, fará nosso curso de direito avançar ainda mais”, concluiu Abib.  

HOMENAGEM

A FCR fará, no novo campus, que será concluído nos próximos meses, homenagem ao Prof. Stênio Castiel. O seu nome será vinculado ao NPJ, desta forma, o espaço do Núcleo será ‘batizado’ com o seu nome.

Fonte - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.