News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021

Livre

Morre aos 42 anos, humorista Paulo Gustavo de COVID-19

Com a progressão da doença, Paulo Gustavo precisou ser intubado, passou por tratamentos especializados, mas não resistiu.
Terça-Feira, 04 de Maio de 2021 - 21:17

O ator Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira (4), aos 42 anos. Segundo a equipe médica, a morte do humorista aconteceu às 21h12. O artista estava internado desde março em um hospital particular na Zona Sul do Rio por complicações da Covid-19.

De Niterói, na Região Metropolitana do Rio, para os palcos, salas de cinema e televisões de todo o Brasil. Paulo Gustavo foi alçado ao patamar mais alto na carreira como ator e humorista ao encontrar no próprio lar a inspiração para a personagem mais marcante da carreira de 17 anos.

A Dona Hermínia, que arrancou gargalhadas de milhões de brasileiros, foi construída como uma paródia da própria mãe, Déa Lúcia. Em entrevista à TV Globo, Paulo disse que no início, nem ela acreditava no sucesso da personagem.

Do sucesso no teatro, após levar multidões para acompanhar o monólogo Minha Mãe é Uma Peça, surgiu o desafio de fazer televisão.

Criou diferentes personagens no programa 220 Volts, do Multishow. Roteirizou e protagonizou sitcoms como Vai que Cola e A Vila, sucessos de audiência na TV a cabo. Um dos colegas de cena e melhores amigos de Paulo Gustavo, Marcus Majella lembrou do humorista rindo e brincando com ele.

No cinema, arrecadou mais de R$ 143 milhões com o terceiro filme da franquia Minha Mãe é uma Peça, que com mais de 11,6 milhões de espectadores é o filme nacional mais assistido do país, segundo o Instituto de Cinema.

Paulo Gustavo era também produtor dos próprios shows e, na mais recente produção, apresentava-se como cantor ao lado da mãe. Na irreverência das suas criações, abordou os estereótipos e ajudou a pautar temas como a aceitação do corpo e da sexualidade. Colega de profissão e amigo de Paulo Gustavo, Eri Johnson lembrou do comediante como uma pessoa de verdade.

Assumidamente homossexual, casou-se em 2015 com o dermatologista Thales Bretas. O casal optou por uma barriga de aluguel para tentar ter filhos. Em 2017, o ator postou nas redes sociais um relato emocionado após um aborto atrasar o sonho de ser pai. Em agosto de 2019, aos 40 anos, realizou o desejo da paternidade com o nascimento, nos Estados Unidos, dos filhos Romeu e Gael, frutos de barrigas de aluguel diferentes. Na internet, era comum ver momentos de Paulo com a família.

Paulo Gustavo estava isolado com a família na Região Serrana do Rio desde o início da pandemia.

Na volta aos estúdios em dezembro do ano passado para gravar episódios especiais das séries que preparava para a TV a cabo, o ator falou sobre os rígidos protocolos e o medo de se contaminar com coronavírus por ter asma e estar no grupo de risco da doença.

Por precaução, foi internado em um hospital particular da Zona Sul do Rio no dia 13 de março após o teste positivo para a Covid-19.

Entre os fãs, a preocupação se transformou em uma corrente de solidariedade através de doações de sangues e correntes de orações pedindo a melhora do artista.

Com a progressão da doença, Paulo Gustavo precisou ser intubado, passou por tratamentos especializados, mas não resistiu.

Aos 42 anos, o mestre do riso, da irreverência e da alegria deixa a certeza de que o choro não combina com ele.

Fonte - http://bandnewsfmrio.com.br/

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.