News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 15 de Maio de 2021

Livre

Cerca de 70 produtores de leite de Rondônia são beneficiados com entrega de mais de duas mil toneladas de calcário

Em menos de duas semanas entregamos o calcário para mais de 60 produtores de leite no Estado
Terça-Feira, 04 de Maio de 2021 - 10:49

A Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), retomou no mês de abril as atividades de entrega de calcário com o transporte gratuito aos produtores de leite da agricultura familiar do Estado. Nas últimas duas semanas, mais de duas mil toneladas de calcário foram transportadas para 65 produtores das regiões da Zona da Mata, Vale do Guaporé, Vale do Jamari e Madeira Mamoré.

De acordo com o coordenador de Desenvolvimento Agropecuário (Cdap), Janderson Dalazen, as usinas de calcário pararam suas atividades, em dezembro de 2020, devido às fortes chuvas na região que impossibilitaram de moer e fazer a retirada do calcário. Na segunda quinzena de abril, as usinas voltaram a funcionar e a Seagri retomou o transporte de calcário para atender os produtores que ficaram com saldo no final de 2020.

‘Em menos de duas semanas entregamos o calcário para mais de 60 produtores de leite no Estado. O trabalho de entrega continua a todo vapor. Estamos com duas empresas contratadas, transportando diariamente em torno de 15 cargas de calcário para várias regiões ao mesmo tempo’, disse.

A meta da Seagri é concluir as demandas de entregas de calcário de 2020, em torno de oito mil toneladas, sendo duas mil já transportadas em menos de 15 dias. ‘Assim que esse compromisso for finalizado, a nova proposta é transportar 50 mil toneladas em 2021’, destacou Janderson.

O produtor do município de Alto Paraíso, Israel Caetano, foi contemplado com 35 toneladas de calcário pela primeira vez e disse que esta ação do Governo vai ajudar muitos produtores de leite a recuperarem o seu pasto. ‘Eu trabalho há cinco anos com gado de leite e com essa ação do Governo eu irei recuperar meu pasto por um custo mais baixo. Se eu fosse pagar o frete, sairia no valor de aproximadamente R$ 300 a tonelada. É uma inciativa que vai ajudar muitos produtores da região’, ressaltou.

Com este valor apresentado pelo produtor de R$ 300, o frete por tonelada, ao multiplicá-lo por 35 toneladas, quantidade adquirida pelo produtor, ele deixou de pagar no transporte de calcário o equivalente a R$ 10.500, benefício que o Poder Executivo subsidiou. Este valor, ao ser dividido pelo preço do litro do leite referente ao mês de abril deste ano, que chegou a R$ 1,30, a média, equivale a 8.076 mil litros de leite que ele teria que produzir para pagar o frete do calcário até sua propriedade.

Conforme destacou o secretário da Seagri, Evandro Padovani, o calcário é um produto essencial para a correção de solo e que vai fortalecer o setor da cadeia produtiva do leite. ‘Em 2020 a Seagri atendeu 557 produtores do setor, com transporte de aproximadamente 20 mil toneladas de calcário, contribuindo para a recuperação de aproximadamente seis mil hectares de áreas de pastagens degradadas. Vamos continuar atendendo todos os municípios do Estado neste ano, com mais 50 mil toneladas’, finalizou o secretário.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.