News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021

Livre

Na 6ª noite da 'Operação Prevenção', orientação sobre o Decreto 26.038 é reforçada em estabelecimentos comerciais

O resultado tem sido avaliado como positivo, reflexo de diversas ações contínuas promovidas pelo Governo do Estado, conforme destacado pelo tenente coronel do CBM, Iranildo Dias de Andrade, que coordenou a operação na noite.
Segunda-Feira, 03 de Maio de 2021 - 08:23

A Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), segue firme com as ações de fiscalização com intuito de frear o ciclo de proliferação do coronavírus. Na 6ª fase da “Operação Prevenção”, ocorrida na noite deste sábado, (1), em Porto Velho, foi possível observar que a grande maioria dos estabelecimentos comerciais tem colaborado com as determinações estipuladas no decreto modificativo nº 26.038, de 23 de abril de 2021, já de conhecimento da população.

As equipes da operação, coordenadas pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBM), agiram estrategicamente nas regiões do perímetro urbano de Porto Velho. Durante aproximadamente seis horas de atuação, os profissionais envolvidos monitoraram as atividades e serviços flexibilizados por meio do decreto. O resultado tem sido avaliado como positivo, reflexo de diversas ações contínuas promovidas pelo Governo do Estado, conforme destacado pelo tenente coronel do CBM, Iranildo Dias de Andrade, que coordenou a operação na noite.

“Esta ação é complementar a outras ações desenvolvidas pelo Governo. Os estabelecimentos têm buscado atender às determinações do decreto, uma prova disso são as poucas notificações registradas. Acredito que a ação está sendo extremamente eficiente e tem surtido efeito. Porém, a pandemia ainda não acabou. Dessa forma, nós entendemos que é necessário a continuidade das operações. E agora que os resultados estão aparecendo, isso nos motiva ainda mais”, declarou.

Em estabelecimentos em que foram observadas aglomerações maiores, as equipes atuavam com a chamada fiscalização inopinada, com orientações acerca do decreto, entre elas, o dispositivo das mesas devendo mantê-las com os espaçamentos necessário ao distanciamento.

Prevenir. Essa a síntese do trabalho do Corpo de Bombeiros Militar. É com esse propósito que o órgão, em parceira com outros demais, segue atuando fortemente com as ações antiaglomerações e primando por prevalecer as determinações estabelecidas nos decretos. “Se prevenirmos, nós diminuímos as filas das Unidades de Terapia Intensiva (UTI), o número de internações e, consequentemente, também o número de óbitos. Depois que a pessoa se infectou não há o que possamos fazer, daí entra na fase do tratamento mesmo. E no ato de prevenção evitamos que tudo isso aconteça”, concluiu, Dias.

CONSCIÊNCIA

Apesar de algumas medidas terem sido flexibilizadas no decreto para a prática de algumas atividades e serviços com intuito de alavancar a economia local, a população precisa ser consciente de que a pandemia não cessou e por isso se faz necessário manter os protocolos de higienização, respeitando o distanciamento social e fazendo uso da máscara facial. As flexibilidades contidas no decreto vieram para dar um novo fôlego, principalmente, ao comércio. Porém, o bom senso por parte da sociedade precisa estar presente.

É importante lembrar que o Estado permanece na Fase 1 do Plano Todos por Rondônia, portanto, todo cidadão tem o dever de somar na atuação das exigências adotadas, fazendo o bem para a sociedade e para a sua própria vida. A população pode deve ser um agente fiscalizador no combate à covid–19. O Governo do Estado disponibiliza contatos para denúncias: 190, da Polícia Militar; 197, Polícia Civil ou 193, do Corpo de Bombeiros. Qualquer atitude observada, que caracterize aglomeração ou descumprimento ao decreto estadual, deve ser denunciada.

BALANÇO

A sexta etapa da Operação Prevenção resultou em 165 intervenções, tendo 17 estabelecimentos comerciais orientados e apenas 1 notificado. As ações antiaglomerações, iniciadas em dezembro do ano passado, já seguem na 52ª edição. Outras operações fazem parte deste ciclo, como:  operação “Fase 3”; “3ª Onda”; “Decreto”; “Consciência”; “Restrição”; “Alerta”; “Emergência” e “Urgência”.

PARCERIAS

A operação conta com a parceria de equipes da Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Superintendência Estadual de Comunicação (Secom), Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran) e a Prefeitura de Porto Velho, por meio do Departamento de Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb).

MELHOR HORA

O Governo de Rondônia não tem medido esforços para buscar estratégias assertivas no combate à covid-19. Foi pensando nisso que, por meio da Secretaria de Estado de Finanças (Sefin), criou-se o sistema “Melhor Hora”, com intuito de facilitar o dia a dia do cidadão, pontuando horários e dias de menor fluxo de pessoas em estabelecimentos comerciais. A finalidade é inibir cada vez mais as aglomerações.

O sistema é atualizado diariamente e atende a diversos municípios. Para ter acesso às informações, basta o cidadão acessar melhorhora.sefin.ro.gov.br, selecionar o município de origem e consultar o estabelecimento que deseja ir. Automaticamente, é apresentada a planilha do fluxo de pessoas no local.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.