News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 16 de Maio de 2021

Livre

Acre e 'Ponta do Abunã' depositam na ponte do Rio Madeira o tão desejado progresso

A megaestrutura localizada no distrito de Porto Velho, Abunã, está tecnicamente pronta.
Sexta-Feira, 30 de Abril de 2021 - 15:45

A ponte do Rio Madeira, na localidade de Abunã é apontada como marco histórico. Com inauguração, prevista para o dia 7 de maio, ao empreendimento estará a função de unir os estados de Rondônia e Acre, aposentando de uma vez por todas, a travessia de veículos em balsas.

“A todos nós acrianos, que sentimos na pele o que é um estado isolado pela falta da ponte sobre o Rio Madeira, digo que essa obra será um marco na nossa história.  Ela simboliza a ligação do Pacífico (Oceano) com o Atlântico, do Acre com os demais estados da federação. E em breve estaremos gerando empregos e dando segurança a quem quiser investir”, acredita o governador do Acre Gladson Cameli.

Além do que afirma o chefe do executivo acriano, a megaestrutura, promete apresentar para as duas regiões o tão desejado progresso econômico, algo quem vem sendo esperado por uma população de pouco mais de 1 milhão de habitantes.

Desde 2014, quanto teve o lançamento da pedra fundamental, o orçamento investido no complexo rodoviário, empregou o equivalente a R$ 140 milhões. A megaestrutura localizada no distrito de Porto Velho, Abunã, está tecnicamente pronta.  

A ponte conta com 1,5 quilômetros, mas se forem contabilizados os acessos, como as duas cabeceiras, a estrutura aumenta para quase 4 quilômetros. A ponte do Rio Madeira em Abunã, é a terceira maior obra rodoviária construída nessa magnitude pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT).

“Na construção, foram investidos 25 mil metros cúbicos de concreto,600 toneladas de aço e mais 300 mil metros cúbicos de aterro. No auge, a obra chegou a empregar pouco mais de 200 operários”, explica o superintendente do DNIT/RO, André Santos.

Com o acesso liberado a estrutura tira dos rondonienses e acrianos a cobrança em dinheiro, pelo menos a vista para a realização da travessia em balsas. Além disso, o tempo de viagem entre os as capitais Porto Velho e Rio Branco reduzirá em quase 2 horas. Uma estimativa é que pela estrutura devam passar até 2 mil veículos diariamente.

Fonte - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.