News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 13 de Maio de 2021

Livre

Butantan supera 40 mi de doses da Coronavac, mas nova produção depende de insumo

88,4% das doses previstas em contrato já foram entregues ao Ministério da Saúde, mas nova remessa deve atrasar por falta do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA)
Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021 - 19:17

O Instituto Butantan superou nesta quarta-feira (14) a marca de 40 milhões de unidades da Coronavac entregues ao Ministério da Saúde com a liberação de mais 1 milhão de doses para o Plano Nacional de Imunização.

Com a produção de vacinas contra Covid-19 no Butantan paralisada há mais de 15 dias devido ao fim do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) vindo da China, o diretor do Instituto, Dimas Covas, admitiu a possibilidade de atraso na entrega das 5,3 milhões de doses restantes – previstas originalmente para até 30 de abril.

"Esse IFA chega até o dia 20, mas estamos com a expectativa que ele chegue antes. 20 dias de produção é o máximo, mas estamos trabalhando na possibilidade de encurtar o prazo de liberação", disse Covas.

Ele afirmou ainda que um segundo lote de IFA vindo da China já está pronto, mas ainda não tem autorização para ser importado pelo Butantan.

Apesar da incerteza sobre a capacidade de cumprir o prazo previsto em contrato, o Butantan celebrou em suas redes sociais a marca superada nesta quarta.

“A vacina do Butantan contra a Covid-19 é a que mais tem salvado vidas no Brasil. Com a entrega hoje de mais 1 milhão de doses ao Plano Nacional de Imunizações, o Butantan completa 40,7 milhões de doses repassadas ao Ministério da Saúde desde 17/01”, afirmou o perfil do instituto no Twitter.

Ao todo, o Butantan já realizou 23 entregas de doses de vacina contra Covid-19 ao governo federal, disponibilizando 40,7 milhões de doses para o Sistema Único de Saúde (SUS), equivalentes a 88,4% das 46 milhões de doses originalmente previstas para serem entregues até 30 de abril.

O governador João Doria (PSDB) acompanhou a liberação das doses nesta quarta ao lado de Covas, do secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, e da coordenadora-geral do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula.

Até agora, março foi o que contou com a maior quantidade de vacinas entregues pelo Butantan, com 22,7 milhões de doses. Em fevereiro, foram 4,85 milhões e, em janeiro, 8,7 milhões de unidades.

Também nesta semana, na segunda-feira (12), o instituto já havia enviado 1,5 milhão de doses do imunizante para o Ministério da Saúde.

Contrato adicional

O Butantan também tem um contrato adicional assinado com o Ministério da Saúde para a entrega de mais 54 milhões de doses da Coronavac até 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades do imunizante.

Atualmente, mais de 80% das vacinas disponíveis no país contra a Covid-19 são do Butantan.

Fonte - 20 - Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.