News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 13 de Abril de 2021

Livre

Aneel propõe mudar de IGP-M para IPCA índice de correção de conta de luz vencida

Agência Nacional de Energia Elétrica argumentou que nos últimos anos IGP-M apresentou elevação acelerada em relação ao IPCA. Em 12 meses, até fevereiro, o IPCA atingiu 5% e IGP-M, 28%.
Terça-Feira, 06 de Abril de 2021 - 18:26

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs nesta terça-feira (6) alterar de Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) para Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) o indicador de atualização usado em casos de atraso no pagamento da conta de energia.

A proposta, segundo a Aneel, vai permitir a uniformização dos índices de correção monetária, além de reduzir o custo para o consumidor já que, desde 2017, o IGP-M apresentou uma elevação muito acelerada, distanciando-se da inflação oficial medida pelo IPCA.

A mudança, de acordo com a Aneel, vai beneficiar principalmente a parcela mais pobre dos consumidores, que tem sofrido mais os efeitos da pandemia da Covid-19.

“Recaem sobre a parcela mais pobre da sociedade que, por causa da pandemia, tem experimentado dificuldades no pagamento pontual de suas faturas de energia”, afirmou o relator do processo, diretor Sandoval de Araújo Feitosa.

Na pesquisa mais recente, o IPCA – medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – acumula alta de 5% nos últimos 12 meses até fevereiro. No mesmo período, o IGP-M disparou – chegou a 28%.

Além da atualização monetária do débito, quem atrasa a conta de energia ainda está sujeito à cobrança de multa e juros.

Antes de começar a vigorar, a proposta da Aneel ainda passará por consulta pública, que se inicia nesta quarta (7) e se estende até dia 19.

Fonte - 20 - Por Laís Lis, G1 — Brasília

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.