News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021

Livre

Em Parintins no Amazonas, criança de 11 anos estuprada está grávida

A vítima mora na comunidade gleba de Vila Amazônia no município de Parintins, localizado, 269 km da capital Manaus, Amazonas.
Quinta-Feira, 25 de Março de 2021 - 09:44

A delegacia da Mulher da Criança e do Adolescente não deu detalhes quanto ao andamento da investigação, mas segundo a imprensa amazonense, o suspeito de estuprar e engravidar uma [criança de 11 anos] está sendo continua solto.

A vítima mora na comunidade gleba de Vila Amazônia no município de Parintins, localizado, 269 km da capital Manaus, Amazonas. A mãe da menina disse em depoimento, que só soube da situação depois de ser alertada pelos vizinhos. Em seguida ela questionou a criança que negou, mas ao levá-la em uma unidade de saúde os médicos constataram o abuso e ainda a gravidez.

O suspeito chegou a ser procurado pela mãe da criança, o homem negou a acusação de estupro.  Com a constatação da gravidez, a menina acabou confessando que havia sido estuprada, e denunciou o seu estuprador.

O caso foi registrado da Delegacia de Parintins na ultima segunda-feira (22), e está sendo acompanhado por uma conselheira tutelar que relatou que “a criança já foi submetida a avaliação médica, orientação de enfermagem e atendimento psicológico”, disse. 

A profissional também declarou que menina realizou exames laboratoriais, e ultrassonografia obstétrica para saber o tempo gestacional. Os detalhes da gravidez não foram divulgados. Também não se sabe se a criança terá permissão para um possível aborto, já que se trata de um estupro de vulnerável e onde a vida da menina corre risco. Segundo o artigo 217 do Código Penal, manter conjunção carnal ou praticar ato libinoso com menor de 14 anos a pena é de 8 a 15 anos de reclusão. 

Fonte - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.