News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 20 de Abril de 2021

Livre

PROCESSO SELETIVO: Concurso TJ RO terá 43 vagas, sendo 30 de técnico judiciário

Das 43 vagas efetivas previstas para o concurso TJ RO, 30 serão para técnico judiciário, que exige nível médio completo.
Segunda-Feira, 22 de Março de 2021 - 11:04

Um novo concurso TJ RO tem preparativos em andamento pelo Tribunal de Justiça de Rondônia. A oferta será de 43 vagas, sendo 30 para técnico judiciário. Você sabe quais são os requisitos, salários e atribuições dessa carreira? Folha Dirigida esclarece essas e outras dúvidas a seguir.

Atribuições

Os técnicos judiciários são responsáveis por prestar apoio técnico judiciário ou administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária ou administrativa; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos.

Além de atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas judiciárias ou administrativas; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e mesmo grau de complexidade.

Requisitos e salários

Para concorrer às vagas de técnico no concurso TJ RO 2021 será preciso ter apenas o ensino médio completo, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A remuneração inicial, conforme informado pelo tribunal, é de R$5.397,24.

Todas as 30 vagas serão destinadas para a comarca de Porto Velho, na capital de Rondônia, que é a maior e que mais nomeais candidatos. Em caso de necessidade de prover cargos nas comarcas do interior, será utilizada a listagem de aprovados na classificação geral do concurso.

Estrutura de provas

O concurso TJ RO para efetivos terá duas etapas: provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação dos exames será em Porto Velho e nas cidades de Ariquemes, Buritis, Cacoal, Costa Marques, Guajará-Mirim, Jaru, Ji-Paraná.

Assim como em Machadinho d’Oeste, Rolim de Moura, São Francisco do Guaporé, Vilhena, Buritis, Costa Marques, Guajará-Mirim, Machadinho d’Oeste e São Francisco do Guaporé.

O tribunal já confirmou que as provas serão em horários distintos para os níveis médio e superior. Dessa maneira, será possível concorrer a mais de um cargo, desde que em escolaridades diferentes.

No último concurso para ingresso no TJ RO, aberto em 2015, as provas objetivas foram compostas por 70 questões acerca do conteúdo de Língua Portuguesa (20) e Conhecimentos específicos (50).

No exame discursivo, os candidatos a técnico tiveram que elaborar uma redação. A banca organizadora, na época, foi a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Concurso TJ RO também terá vagas para outros cargos

O concurso TJ RO ainda terá 13 vagas efetivas para analista judiciário, que requer nível superior em áreas específicas. Os salários são R$8.223,41.

A oferta para analista será distribuída pelas especialidades de Administrador, Analista de Sistemas, Assistente Social, Biblioteconomia, Economista, Enfermeiro, Engenheiro Eletricista, Estatístico, Médico do Trabalho, Médico Psiquiatra, Oficial de Justiça, Pedagogo e Psicólogo.

O TJ de Rondônia também abrirá 175 oportunidades para profissionais temporários. A contratação por tempo determinado é amparada pela Lei n° 4.910, de 8 de dezembro de 2020.

Ao todo, serão 150 chances para apoio técnico da Central de Processos Eletrônicos (nível técnico) e 25 de analistas (nível superior). Nesse tipo de contratação, o processo poderá ser mais rápido, já que não depende de aplicação de provas, apenas de análise de currículo e títulos, de caráter eliminatório e classificatório.

Resumo concurso TJ RO

Órgão: Tribunal de Justiça de Rondônia

Vagas: 218

Vagas: efetivas e temporárias

Remunerações: R$5.397,24 a R$8.223,41

Próxima etapa do concurso TJ RO é a contratação da banca

O concurso para o TJ RO foi autorizado em fevereiro. Com isso, a próxima etapa será a contratação da banca responsável pelo processo para efetivos e temporários. A organizadora deverá receber as inscrições e aplicar as etapas, como provas objetivas.

O presidente da comissão organizadora do concurso, juiz Rinaldo Forti, reforçou a importância de contratar a banca também para o processo de temporários.

“Garantindo não só que o certame seja feito com todos os rigores da legislação de regência, lastreado nos princípios da moralidade, publicidade, legalidade e que assim seja reconhecido pela sociedade, notadamente os candidatos”, ressaltou Forti.

O cronograma dos processos seletivos, de acordo com o tribunal, ainda será definido em razão das condições sanitárias para sua realização.

“O edital de abertura do concurso só deverá ser publicado quando houver condições para se definir uma data para aplicação das provas, conforme evolução do combate à pandemia no Estado e as regulamentações que permitam a realização do concurso de forma segura”, explicou Forti.

Em resposta à Folha Dirigida, no final do ano passado, o TJ RO afirmou que a previsão é que os editais sejam publicados ainda no primeiro semestre de 2021.

Fonte - 20 - folha dirigida

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.