News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021

Livre

Estudo da OMS revela que entre 2000 e 2018, uma em cada três mulheres sofreu violência física ou sexual

Segundo a ouvidora da OAB – RO, Aline Silva, em Rondônia os números são imprecisos porque muitas vítimas demoram denunciar violência que aumentou durante a pandemia
Quinta-Feira, 11 de Março de 2021 - 17:00

Foi divulgado nesta semana pela Organização Mundial da Saúde, o maior estudo global sobre violência contra a mulher.

Os dados revelam que entre os anos 2000 e 2018, uma em cada três mulheres sofreu violência física ou sexual ao menos uma vez; sendo que 736 milhões de vítimas foram agredidas por desconhecidos ou pelo parceiro.

Em Rondônia, particularmente, os casos de violência também são crescentes, de acordo a advogada Aline Silva, que na condição secretária geral – adjunta, corregedora e ouvidora da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Rondônia – participou da implantação na entidade da Ouvidoria da Mulher.

"Trata- se de um espaço, no qual atendemos mulheres que sofrem violência", explica ela, ressaltando que as vítimas são acolhidas, orientadas e cada caso é tratado conforme a sua peculiaridade. "A orientação é muito importante porque muitas mulheres que nos procuram desconhecem os seus direitos", destaca. 

Ao avaliar as estatísticas apresentadas pela OMS, Aline Silva observou que em Rondônia, é alto o índice de violência doméstica, porém os números não são fidedignos porque além da dimensão populacional, mulheres, vítimas de violência doméstica, demoram muito para denunciar as agressões sofridas.

"Neste período pandêmico, estamos vivendo um momento crítico nessa questão", lamenta, informando que a Ouvidoria da Mulher da OAB é um dos marcos da gestão do presidente da  entidade, Elton Assis.

Ela informou que o projeto original contemplava as advogadas do estado, mas o atendimento foi ampliado para que todas as mulheres que passam por qualquer tipo de violência sejam atendidas, uma vez que a Ordem tem o papel constitucional de defender a cidadania.

O canal está disponível no endereço: https://ouvidoria.oab-ro.org.br/ouvidoria/ouvidoria-da-mulher, além da página principal da OAB/RO ( www.oab-ro.org.br) que também dispõe de  um acesso rápido para a Ouvidoria.

Fonte - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.