News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 11 de Abril de 2021

Livre

Ministério da Saúde espera fechar compra de 13 milhões da vacina contra Covid da Moderna para 2021

Se firmado o contrato, doses serão entregues em diferentes lotes entre julho e dezembro de 2021.
Sexta-Feira, 05 de Março de 2021 - 18:01

O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira (5) que espera fechar a compra de 13 milhões de doses da vacina contra Covid-19 produzida pelo laboratório Moderna para 2021.

Segundo nota da pasta, expectativa é que o acerto seja firmado até a próxima semana, já que a compra está "praticamente na fase final de negociações".

Se firmado o contrato, as doses deverão ser entregues até o final do ano, com previsão de chegada do primeiro lote com 1 milhão de vacinas em julho.

“A confirmação dessas informações, agora, entre outros dados, nos ajuda a ter segurança para acelerarmos a assinatura do contrato que queremos para agilizar e fortalecer a nossa ação de imunização de todos os brasileiros contra a Covid-19”, disse secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, conforme a nota.

"Vamos iniciar as aplicações de mais essa vacina tão logo cheguem e tenham aprovação da Anvisa, aval que também condiciona o pagamento que será realizado após a chegada de cada remessa", afirmou Elcio.

De acordo com a agência de notícias Reuters, o Ministério e a Moderna também negociam outras 50 milhões de doses da vacina para janeiro de 2022.

Intenção de compra

Esta semana, o Ministério da Saúde formalizou a intenção de compra de 38 milhões de doses da vacina da Janssen e outras 100 milhões de doses do imunizante da Pfizer -- este último o único que, até o momento, já possui registro definitivo de uso na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A expectativa da pasta é de receber até o final do ano, em contratos firmados, compras futuras e negociações em curso, 575,9 milhões de doses de vacinas até o final do ano, segundo a Reuters.

Até o momento, a campanha de vacinação brasileira conta apenas com duas vacinas, a CoronaVac e a Oxford-AstraZeneca e a imunização segue lenta: cerca de 3,5% da população nacional foi imunizada.

Fonte - 20 - Por G1

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.