News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 11 de Abril de 2021

Livre

Entidades socioassistenciais de Rondônia vão receber mais de 45 mil produtos de higienização

A iniciativa é resultado de parceria entre o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e de uma multinacional, fabricante de bens de consumo.
Quarta-Feira, 03 de Março de 2021 - 15:35

O Governo de Rondônia por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) anunciou na manhã desta quarta-feira (4) que mais de 45 mil sabonetes doados ao Estado serão destinados à higienização de refugiados, migrantes e demais pessoas em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa é resultado de parceria entre o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e de uma  multinacional, fabricante de bens de consumo.

‘‘Rondônia foi o Estado escolhido porque nossa política de acolhimento de refugiados e migrantes ganhou repercussão nacional e internacional com a criação da Central de Informação aos Migrantes e Refugiados, inaugurada em setembro de 2020 e que já atendeu mais de 600 pessoas que chegam em vulnerabilidade social de outros países’’, afirma a secretária da Seas, Luana Rocha.

O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, agradeceu a doação recebida e pela sensibilidade da ação conjunta em dar apoio assistencial àqueles que tanto carecem. ‘‘Nós sabemos que os refugiados precisam de ações assistenciais como essa, assim também como brasileiros que são carentes, e eles vão receber esses itens no nosso Estado. Nós estamos criando condições para fortalecer o desenvolvimento de Rondônia, e assim conseguir fazer com que essas pessoas saiam da condição de vulnerabilidade’’, assegura.

Conforme a secretária da Seas, a doação será distribuída às 50 instituições socioassistenciais do Estado, sendo 14 delas localizadas em Porto Velho e outras 36, nos demais municípios, beneficiando além de migrantes e refugiados, os demais públicos incluídos nas políticas de Direitos Humanos como crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, povos e comunidades tradicionais, pessoa em situação de rua, promoção da igualdade racial, minorias étnicas e sociais.

O governador destacou que o Estado já tem adotado essa postura de apoiar a população vulnerável por meio da Seas, tendo ainda se aperfeiçoado neste período de pandemia com grandes programas de assistência, inclusive com transferência de renda.

Rondônia deu ainda um grande salto na proteção das pessoas que chegam de outros países em vulnerabilidade com a implantação da Central de Informação aos Migrantes e Refugiados.

Por meio dela são fornecidas informações quanto ao acesso a serviços públicos federais, estaduais e municipais e dado auxílio para que os mesmos tenham acesso aos seguintes serviços: elaboração de currículo; preenchimento de formulário de solicitação e documentações em geral.

Iniciativa importante diante da história do Estado. Rondônia é o Estado que acolheu o Brasil e o mundo. Há pessoas de várias regiões do países que fazem dessa parte do Norte do País seu lar. É forte a presença de migrantes desde os ciclos de povoamento que marcam o início da ocupação até os dias atuais, e o Governo trabalha para consolidar Rondônia como um gigante de oportunidades no país.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.