News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 20 de Abril de 2021

Livre

Chacareiros estão na mira de vereador e deputado por projetos e insumos agrícolas; tudo começa neste sábado 27

Os chacareiros, por mais de duas décadas e meia, se sentiram esquecidos pelo poder público que, ‘em nenhum momento ouviram, plenamente, nossos reclamos’, diz a líder chacareira.
Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2021 - 17:50

Porto Velho, Rondônia – Como parte de fortalecimento e desenvolvimento de suas ações para o biênio 2021-22, a Associação de Ação Popular Integrada Hortifrutigranjeiros da União (AAPIHGU), recepcionará neste sábado (27), pela manhã, caravana liderada pelo Vereador Paulo Tico e do deputado estadual Jair Montes, ambos do AVANTE.

Os emissários, capitaneados pelo Vereador, segundo a presidente da entidade de caráter rural, acreditada no Cinturão Verde do Setor Chacareiro no Jardim Santana, Gabriela Camargo, nesse dia, ‘celebraremos parceria com ambos os parlamentares e a ação objetiva, ainda, produzir diagnóstico das potencialidades da região’.  

Os chacareiros, por mais de duas décadas e meia, se sentiram esquecidos pelo poder público que, ‘em nenhum momento ouviram, plenamente, nossos reclamos’, diz a líder chacareira. Ela disse ainda que os dois parlamentares, sinalizem poderem contribuir para, de uma vez por todas, ‘repercutam nossas demandas no seio de quem decide no Estado, Município e no Governo Federal’.  

A comitiva, além de visitar a sede da AAPIHGU, vai promover uma verdadeira via crucis por todos os recantos do Setor Chacareiro (vicinais etc) devendo percorrer todos os pontos críticos do quadrilátero dos pólos de plantio, produção e se informar do programa sustentável ligado às atividades sociais, econômicas, agrárias e ambientais. Além de averiguar a atuação de imobiliárias que avançam na tentativa de ‘usurpar terras da União’, declarou experiente produtor rural.  

Paulo Tico e assessores, de acordo com a presidente da entidade, ‘serão instados a assegurar solução ampliada à falta de incentivo à produção, calcário, mudas, sementes, aquisição de maquinários (lâmina de trator, tratorico, carrocinhas, caminhão e madeira à construção de um barracão que irá concentrar a armazenagem e venda de produtos no próprio Setor Chacareiro).  

O Setor Chacareiro ‘não são só hortaliças, criação de animais domésticos e reclamatórios contra a suposta insensibilidade do poder públicos nas três esferas de Governo’, o desabafo do Conselheiro Sirlei Nobre dos Santos. Segundo ele, ‘com estrutura própria, ‘destaca-se a chácara do César das Flores, de Araras, produção de mel, galos gigantes, pescado, tubérculos e o empreendimento de associada Núbia Lafayete’ – uma das bem sucedidas.  

DURA REALIDADE – O Setor Chacareiro, acrescido da extensão territorial de espaços cultivados e habitados ao longo da Estrada dos Periquitos, de acordo com dados colhidos por entidades de defesa de políticas sociais, congregaria, atualmente, mais de 3,5 pessoas – a parte maior é de pequenos proprietários que ocupam, mansa e pacificamente, terras da União.  

Afora esse perfil, que circunda toda a política de habitação e existência de sitiantes e chacareiros que tiram seus alimentos das duas terras sob a responsabilidade da União, os chacareiros apresentam-se, ainda, na condição de candidatos a empreender no meio do agronegócio rural.  

A presidente Gabriela Camargo se diz eufórica com a chegada ao Setor Chacareiro, neste sábado (27), da caravana liderada pelo Vereador Paulo Tico e colaboradores do deputado estadual, Jair Montes (AVANTE). Segundo ela, ‘trata-se de uma prévia da participação, com direito a inteiro teor de conhecimento, do deputado Jair na reunião do dia 14 de março na sede da nossa entidade’.  

Diante desse quadro, todo o levantamento elaborado pelo Vereador Paulo Tico, certamente, ‘irá ser informado ao parlamentar, hoje, no cargo de Secretário Geral da Assembleia Legislativa do Estado, presidida pelo colega Alex Redano’. Ambos, em recente encontro, garantiram apoio ao atendimento das demandas junto ao Governador e ao Prefeito, Hildon Chaves, ara que revejam suas políticas de atenção ao Setor Chacareiro.  

Paulo Tico e os deputados Jair Montes e Alex Redano, também, serão certificados da luta jurídica da AAPIHGU que tenta, na Justiça Federal, reverter à ação de conhecidos ‘grileiros travestidos de imobiliárias e agenciadores’, que segundo a opinião geral de chacareiros, ‘insistem em induzir o Judiciário a erros ‘grassantes’ (?) na luta pela posse de terras que só pertencem à União’. 

PROJETOS PARALELOS - Intencionam ainda os chacareiros com a visita in loco de Paulo Tico e de assessores de Jair Montes, a instarem a Câmara e Assembleia Legislativa, como parte da sua política de fortalecimento e desenvolvimento, obter avanços práticos no Setor Chacareiro, com ajuda de agrônomos e extensionistas a partir desse trimestre.  

Além de celeridade na produção de hortaliças, tubérculos (mandioca, macaxeira, inhame, beterraba e outros), aumento da criação de animais (galinhas, patos, codorna, bode, cabras, ganso e frutíferas), a busca de incentivo à pesca, a presidente da AAPIHGU acredita, contudo, ‘Semagric, Emater e Seagri, se houver maior pressão, devam auxiliar com potência máxima cuja iniciativa seria no viés parceria celebrada com os chacareiros’.  

Fonte - NewsRondonia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.