News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 11 de Abril de 2021

Livre

Pesquisadores descobrem nova variante preocupante do coronavírus em Nova York

Variante está crescendo de forma alarmante nas últimas semanas, segundo os estudiosos
Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021 - 11:54

Duas equipes distintas de pesquisadores afirmam ter encontrado uma nova variante preocupante do coronavírus na cidade de Nova York e, em outras partes do nordeste, que carrega mutações que ajudam a evitar a resposta imunológica natural do corpo - bem como os efeitos dos tratamentos com anticorpos monoclonais.

Uma das mutações é a mesma observada na variante vista pela primeira vez na África do Sul e conhecida como B.1.351. Parece escapar, de certa forma, da resposta do corpo às vacinas também e, está se tornando mais comum.

 “Observamos um aumento constante na taxa de detecção do final de dezembro a meados de fevereiro, com um aumento alarmante para 12,7% nas últimas duas semanas”, escreveu uma equipe do Centro Médico da Universidade de Columbia, em um relatório que ainda não foi publicado, embora esteja programado para aparecer em versão pré-impressão esta semana.

A variante mais comum foi nomeada B.1.526. E aparece em pessoas afetadas em diversos bairros da cidade de Nova York, disseram os pesquisadores, e está “espalhado no nordeste”.

A mutação nesta variante que mais preocupa os pesquisadores é chamada E484K e dá ao vírus a capacidade de escapar de parte da resposta imunológica do corpo, bem como dos tratamentos autorizados com anticorpos monoclonais. Esta mutação está surgindo independentemente em muitos casos diferentes, mas também aparece em uma variante particular - aquela chamada B.1.526.

“É esta nova variante que está crescendo, de forma alarmante, em nossa população de pacientes nas últimas semanas”, escreveu a equipe de Columbia, liderada pelo especialista em doenças infecciosas e pesquisador de AIDS, Dr. David Ho.

Mas a mutação E484K é vista em pelo menos 59 linhagens diferentes de coronavírus, eles disseram - o que significa que está evoluindo de forma independente em todo o país e em todo o mundo em um fenômeno conhecido como evolução convergente. Isso pode dar uma vantagem ao vírus.

Separadamente, uma equipe do California Institute of Technology disse ter desenvolvido uma ferramenta de software que também detectou o surgimento do B.1.526 em Nova York. “Parece que a frequência da linhagem B.1.526 aumentou rapidamente em Nova York”, escreveram eles em uma pré-impressão que foi postada online.

Fonte - 20 - Por Maggie Fox, da CNN

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.