News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021

Livre

Vale a pena ler 'A Sombra do Vento' de Carlos Zafón? – Por Felipe Bonazza

Comprei esse livro, mas acabei adiando a leitura, certo dia resolvi tirar a poeira do bendito e mergulhei de cabeça nessa história fascinante.
Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021 - 13:31

Quero falar de um livro que comprei há muito tempo, mas nunca li e deixei abandonado na estante pegando poeira. Sabe quando você compra algo por impulso e fica admirado com a capa de um livro? Pois bem, foi assim que acabei levando pra casa “A Sombra do Vento de Carlos Ruiz Zafón”. Comprei esse livro e eu acho que ele ficou um ano jogado, olhava pra ele e não tinha nenhuma vontade de ler.

Por volta de agosto do ano passado, lá estava eu, sem muita coisa pra fazer na quarentena, resolvi tirar a poeira do bendito livro que comprei sem saber o porquê. Eu sempre fui uma pessoa que gostava de ler de tudo um pouco, romance, autoajuda, negócios, infantis, mas agora me deparo com um livro de suspense e literatura espanhola. Nunca nem tinha ouvido falar desse tal de Carlos Ruiz Zafón, mas aos poucos fui me entregando aquela leitura.

Eu não tinha um horário certo pra ler, as vezes lia pela tarde, outras vezes lia a noite, mas fui me interessando pela trama e querendo cada vez mais prosseguir na história.

O livro conta a história de um menino chamado Daniel Sempere, que está completando 11 anos. Esse garoto sofre muito com a perda de sua mãe, e o pior de tudo, ele não consegue lembrar de como era o rosto dela. Porém seu pai, resolve lhe dá um presente, que ele jamais irá esquecer. Era uma madrugada bem fria, e o pai de Daniel leva-o para um misterioso lugar que ficava no centro histórico da cidade, chamado de Cemitério dos livros esquecidos. Esse local funcionava como uma biblioteca secreta e labiríntica, onde haviam obras que foram abandonadas pelo mundo. Daniel fica admirado com um livro chamado: “A Sombra do Vento de Julian Carax”, esse livro desperta em Daniel uma curiosidade por outras obras do autor.

O garoto fica obcecado por Julian Carax, querendo descobrir outros livros e saber mais sobre esse autor misterioso. Porém Daniel descobre que alguém está queimando sistematicamente todos os exemplares dos livros que o autor já escreveu.

Daniel corre um grande risco, porque o livro que ele tem em mãos, pode ser o último exemplar existente, e é isso que acabará colocando a sua vida em risco. Chega... Não vou ficar dando spoiler não! Você precisa de fato ler esse livro, que posso avaliar como um dos melhores livros que já li. Acredito que a grande sacada de A Sombra do vento, é fazer uma reflexão da paixão que criamos pelos nossos autores e livros favoritos. O livro deixa isso bem claro, a paixão e a curiosidade que esse garoto tinha por esse autor misterioso, faz com que ele coloque a sua própria vida em risco, não só a dele, mas também de outras pessoas que irão surgir na trama.

Carlos Ruiz Zafón era um escritor espanhol, nasceu em Barcelona no ano de 1964. Infelizmente o autor morreu em junho de 2020, após uma batalha de dois anos contra o câncer. Zafón ganhou diversos prêmios internacionais e suas obras foram traduzidas em mais de 35 idiomas.

O Autor também já trabalhou como roteirista de cinema, foi colunista dos jornais espanhóis “La Vanguardia” e “El País”. Em 1990 foi morar em Los Angeles, nos Estados Unidos. “O Príncipe da Névoa” foi o seu primeiro romance, vendeu mais de 150 mil exemplares na Espanha. Mas foi o livro “A Sombra do Vento” que ultrapassou a marca dos 15 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo desde 2001, fazendo com que seu nome se destacasse na literatura espanhola. 

Recomendo para todos vocês a leitura desse precioso livro “A Sombra do Vento”, pra você que gosta de aventura, suspense e ficção, realmente é um livro que te deixará fascinado, sem sombra de dúvidas! 

Fonte - NewsRondonia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.