News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 28 de Fevereiro de 2021

Livre

EXCLUSIVO – Em oito meses de pandemia Dep. Lebrão gasta mais de 115 mil reais em transporte e 61 mil foi só em combustível

As informações estão no Portal Transparência da ALE, onde as despesas estão lançadas somente até o mês de outubro 2020
Sexta-Feira, 19 de Fevereiro de 2021 - 15:35

No dia 25 de setembro de 2020 Lebrão foi desmascarado recebendo dinheiro de propina por imagens da Operação Reciclagem deflagrada pela Policia Federal naquela data. Até aquele momento, o deputado Lebrão, por ser do grupo de risco, já vinha participando das sessões da ALE de forma remota, mas depois do escândalo que prendeu sua filha Lebrinha, prefeita de São Francisco do Guaporé, e mais três prefeitos do interior e ainda o ex-deputado Daniel Neri, marido da então prefeita de Cacoal Glacione Rodrigues, também presa, o deputado então sumiu até das sessões remotas, mas não deixou de gastar dinheiro público com aluguel de carro e combustível.

Em média, o deputado gasta R$14.500,00 (quatorze mil e quinhentos reais) por mês com transporte, sendo que R$6.000,00 (seis mil reais) é pago todo mês para o aluguel de uma camionete. Aliás, essa mesma camionete que o deputado usava para receber a propina do empresário que denunciou o esquema.

Os números de gastos com combustível do deputado Lebrão já seriam absurdos mesmo se ele estive participando ativamente de suas atividades parlamentares, e estando trabalhando remotamente, os gastos passam a ser muito mais absurdo ainda.

No mês de outubro, já sumido da vida pública e com alguns pedidos de cassação de seu mandato por conta do escândalo, Lebrão gastou R$11.399,49 só com combustível e mais 6 mil reais do aluguel da camionete. Interessante disso tudo, e comum ao deputado, é que praticamente todos os dias ele abastece seu carro, sendo que, nos dias que não aparecem notas de abastecimento, no dia seguinte duas notas com valores diferentes são lançadas no portal transparência, exemplo: Nos dias 01, 02 e 03, teoricamente o deputado abasteceu seu carro duas vezes com valores de 100, 150 e 210 reais para cada abastecimento, estranho... muito estranho!

Desde março, quando começou a pandemia, até outubro, por exemplo, o deputado gastou exatos R$61.451,32 (sessenta e um mil, quatrocentos e cinquenta e um reais e trinta e dois centavos) com combustível.  Caso o veículo estivesse sendo abastecido com gasolina, ao preço médio da época a R$4,50 (quatro reais e cinquenta centavos), seriam então 13.655 litros de gasolina, e caso o abastecimento fosse em diesel ao preço médio de R$4,00 (quatro reais) o carro de Lebrão teria consumido 15.363 (quinze mil trezentos e sessenta e três) litros desse combustível.

A distância entre Porto Velho e São Francisco do Guaporé é de 604 quilômetros, com o diesel comprado por Lebrão (com dinheiro público) em oito meses daria para o deputado vir 216 vezes a capital, ou, 27 vezes por mês, mas ele não saiu de São Francisco do Guaporé...

Enquanto o deputado continua gozando da imunidade parlamentar que impediu a polícia federal de colocá-lo atrás das grades, o presidente da comissão de ética e decoro parlamentar aproveita o tempo para viajar para outras capitais para aprender como se pune um colega deputado, mas isso é outra questão a ser abordada futuramente...

Fonte - NewsRondonia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.