News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021

Livre

Acre vive a tensão de um 'colapso' em questão de horas pelo avanço da Covid-19

Esta semana o governador Gladson Cameli, assinou um decreto com obrigações para o comércio e a população como forma de frear o avanço da doença entre os acrianos.
Quinta-Feira, 04 de Fevereiro de 2021 - 19:47

O Estado do Acre encerrou a última quinta-feira (04) com 397 novos casos do novo coronavírus e a soma de três mortes, causada pela Covid-19.  A segunda fase da pandemia no Estado de pouco mais de 900 mil habitantes, segue em disparada e o número de infectados ativos saltou para 49.944, nas últimas horas. 

Ainda na noite desta quinta-feira, prefeitos se reuniram com o governador Gladson Cameli (PP/AC) para discutir a situação caótica que já se encontram os municípios do interior. Segundo informações, muitos não contam com estrutura para nada, e os prefeitos do Acre estão vendo o problema se agravar a cada dia, sem uma saída em curto prazo.


Crédito: Marcos Vicentti/Secom-AC

Esta semana o governador Gladson Cameli, assinou um decreto com obrigações para o comércio e a população como forma de frear o avanço da doença entre os acrianos.

“Quero deixar claro que não estou de acordo com restringir as pessoas, fazendo com que deixem de trabalhar. Até porque, para o Estado, que arrecada imposto e precisa de uma economia estabilizada, isso é extremamente necessário, mas, diante de tal problema, em que temos que decidir entre a vida das pessoas e a continuidade da economia, só temos o caminho mais sensato: salvar vidas. Precisamos ter essa consciência de que, se cumprirmos as regras, podemos voltar à normalidade mais rápido, mas, se continuarmos como estamos, chegaremos ao colapso, assim como Manaus, e não quero que isso aconteça aqui”, disse o governador.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) divulgou boletim onde mostra o Acre se aproximando do caos. Todos os 74 leitos clínicos do município de Cruzeiro do Sul estão ocupados.

Das 14 Unidades de Terapia Intensivos (UTI), somente 6 até o fechamento desta reportagem estavam vagas. Na capital Rio Branco, das 45 UTI do Instituto de Ortopedia e Traumatologia (Into), apenas duas continuavam disponíveis até a quarta-feira (3).

A expectativa é um convênio do governo do estadual com o Hospital Santa Juliana, que oferta mais 5 UTI aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente são 216 pacientes internados. 

Fonte - NewsRondonia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.