News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 07 de Março de 2021

Livre

Cremero participa de reunião com Sesau e faculdade de medicina

Diante da necessidade urgente de médicos para atendimento em Porto Velho, representantes dos dois órgãos pediram explicação do atual impasse que acadêmicos têm divulgado na mídia a respeito desta situação.
Quarta-Feira, 03 de Fevereiro de 2021 - 10:46

Na última sexta-feira (29) estiveram reunidos via videoconferência a diretoria do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero), reitoria do Centro Universitário São Lucas e Secretaria de Saúde do Estado (Sesau) para discutirem a respeito do adiantamento da turma de Medicina, matriz 2015. Diante da necessidade urgente de médicos para atendimento em Porto Velho, representantes dos dois órgãos pediram explicação do atual impasse que acadêmicos têm divulgado na mídia a respeito desta situação.

De acordo com o reitor, Dr. André Camelo e a coordenadora do curso de Medicina, Dra. Rita de Cássia, a faculdade tem feito de tudo para realizar a formação desta turma, mas a suspensão dos estágios nos meses de abril e maio de 2020 no Hospital João Paulo prejudicou totalmente o andamento da conclusão da carga horária mínima exigida. "Não temos nenhum interesse em atrapalhar a inserção destes futuros profissionais no mercado de trabalho. Pelo contrário, sabemos da grande necessidade que nosso Estado tem de médicos para o atendimento da população. Entretanto, não podemos mudar o projeto pedagógico autorizado previamente pelo Ministério da Educação (MEC) para atingir apenas uma turma que está em vias de colar grau, não tenho autonomia para isso. Vale lembrar que esta turma da matriz 2015 segue o percurso anterior a reformulação de 2017 que reduziu a carga horária", explicou o reitor da Instituição.

A lei do estágio prevê 40 horas de carga horária semanal, e a restrição do cenário de práticas para 3 alunos por turno deixa atualmente mais de 50 alunos na lista de espera para reposição. "Felizmente temos tido o apoio da Secretaria Municipal de Saúde que disponibilizou a UPA Leste para que eles possam rodar em um cronograma de aulas práticas e assim concluir a carga horária mínima exigida", acrescentou Dra. Rita de Cássia.

O secretário de saúde Dr. Fernando Máximo reforçou a necessidade de profissionais para se fechar a escala e pediu também a disponibilidade do Cremero em agilizar os registros dos mesmos após conclusão do curso. De acordo com o presidente do Cremero, Dr. Robinson Machado, o departamento de Registro do Conselho dará total prioridade efetivando os cadastros em tempo recorde. "Com a documentação toda correta em mãos, entregamos a carteira destes profissionais em tempo máximo de cinco dias. Podem contar conosco", finalizou Dr. Robinson Machado. 

Fonte - 010 - Imprensa CREMERO

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.