News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 27 de Fevereiro de 2021

Livre

‘Não somos negacionistas’, diz Associação que pede o fechamento do comércio de bares no Acre

Desde a semana passada, durante visita a Brasília, Gladson estudava tomar medidas mais rígidas, na tentativa de barrar a proliferação do vírus no Estado.
Segunda-Feira, 01 de Fevereiro de 2021 - 17:47

Na tarde de segunda-feira (01), o governador do Acre Gladson Cameli (PP/AC) buscou junto a órgãos da sala de situação, estudar ações com o objetivo de conter a disseminação em território acreano do novo coronavírus.

Desde a semana passada, durante visita a Brasília, Gladson estudava tomar medidas mais rígidas, na tentativa de barrar a proliferação do vírus no Estado. Entre as medidas estão o fechamento das divisas do Acre com Rondônia e o Amazonas. Além do bloqueio das fronteiras com a Bolívia, e o Peru.

No estado, a Associação dos Bares e Restaurantes Seccional Acre (Abrasel) chegou a escrever uma carta em que pede o fechamento do comercio não essencial na capital acreana, com vista em conter o avanço da pandemia.

A Associação ressalta que de forma alguma [quer ser vista como “negacionista”], e lembrou que “os bares e distribuídas não podem ser bodes expiatórios, sacrificando empregos em nome de uma falsa restrição. Além disso, medidas paliativas não irão contornar a alta na curva de contaminação, apenas restrições mais abrangentes enfrentam e amenizariam de fato, uma vez que o percentual de circulação de pessoas durante o dia é absolutamente superior ao noturno. Se vamos enfrentar o problema, que enfrentemos todos juntos, assim trabalharemos no sentido da eficiência do resultado, preservando vidas sem preterir um setor específico em nome meras suposições”, afirma.

Com Informações do [site Contilnet], membros da Covid-19 no Estado não descartam que o momento atual deveria ter uma tomada de decisão mais radical, caso o Acre queira evitar ter um cenário de colapso na saúde como já vem ocorrendo com Rondônia e o Amazonas. O receito é por conta do aumento dos casos do novo coronavírus.

Com uma das menores taxas de infecção entre os estados brasileiros, o Acre registrou entre os dias 18 e 31 de janeiro 3.700 casos do novo coronavírus, com 31 mortes.

Fonte - NewsRondonia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.