News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021

Livre

Rondônia registra aumento no número de empresas abertas e redução de baixas na Jucer

Esse cenário econômico no setor comercial representa para Rondônia um incremento maior com crédito ao empreendedor, por não encerrar suas atividades, até mesmo para aqueles que suspenderam os trabalhos por um período e outros que decidiram se reinventar.
Segunda-Feira, 01 de Fevereiro de 2021 - 11:02

A Junta Comercial de Rondônia (Jucer) registrou aumento no número de empresas abertas e redução no percentual de empresas que deram baixa em seus cadastros (6,17%), no ano de 2020, quando comparado a 2019. Esse cenário econômico no setor comercial representa para Rondônia um incremento maior com crédito ao empreendedor, por não encerrar suas atividades, até mesmo para aqueles que suspenderam os trabalhos por um período e outros que decidiram se reinventar.

De acordo com o presidente da Jucer, José Alberto Anísio, o registro considerável mostra que a classe empreendedora tem acreditado no potencial econômico do Estado e, por isso, de alguma forma, continuou empreendendo e se adequando em outras atividades devido o afastamento social. A prova disso, é o acréscimo de 11,8% de abertura de empresas, em comparação a 2019. “Mesmo com todo esse momento pandêmico, aqueles que decidiram empreender e deram continuidade aos seus negócios acreditaram na força econômica do Governo de Rondônia. Muitas vezes, o cidadão paralisa sua atividade por um momento e se reinventa, e nem chega a procurar a Junta, porque ele não quer baixar, para retomar a atividade”, salientou José Alberto.

Gráfico apresenta crescimento significativo de abertura de empresas


Outra possibilidade avaliada pelo presidente da Jucer, quanto ao número de baixa das empresas, de 2019 até o momento atual, aconteceu em virtude de muitas empresas que estavam inativas ou já não estavam operando há um certo tempo e aproveitaram a isenção de taxas dada pelo Governo Federal, através da Lei da Liberdade Econômica nº 13.874, cabendo à Junta não cobra-las mais. “Aquelas empresas que estariam paradas, arquivaram na Junta e, talvez, isso pode ser um reflexo de aumento do número de empresas baixadas, mas não se refere à pandemia, uma vez que essas só baixaram devido não haver taxas a pagar, por ser gratuito”, observou.

José Alberto acredita que a retomada econômica deve ocorrer com mais força a partir da imunização da população contra a Covid-19. É importante enfatizar que, conforme aponta o Tesouro Nacional e o Ministério da Economia, Rondônia segue com um dos melhores índices no bom desempenho financeiro, em cenário nacional.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.