News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2021

Livre

Acre estuda restringir acesso com Rondônia, Amazonas, Bolívia e Peru, variante do Coronavírus assusta o governo

Na segunda-feira (25) o governo começou a enviar pacientes infectados pela Covid-19 para outros estados brasileiros.
Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021 - 13:27

Os casos crescentes de infectados pelo novo coronavírus (SarsCoV-2) e de mortes pela Covid-19, em Rondônia, colocaram as autoridades de saúde do Acre em alerta vermelho. Fontes de dentro do governo relataram que Gladson Cameli (PP/AC) está receoso com as ultimas notícias. O chefe do executivo acriano teme a possível chegada da variante do novo coronavírus ao seu estado. Ainda de acordo as fontes, Cameli deverá anunciar ainda nesta semana, um bloqueio restritivo de pessoas vindas de estados em que a nova cepa do vírus pode está presente.  

 

O governador de Rondônia Marcos Rocha, (sem partido) disse durante pronunciamento no sábado (24) que o estado não descartava a possibilidade dessa nova cepa, encontrada em amostras de sangue no Amazonas já esteja circulando entre os rondonienses. Afirmação decorre do índice crescente da doença, nos últimos dias em Rondônia.

A decisão só foi tomada, quando o sistema de saúde colapsou. Em Rondônia já não existem leitos de UTI e paciente aguardam em fila de espera. O prefeito Hildon Chaves (PSDB/RO) também declarou caos na saúde de Porto Velho, e não tem descartado a possibilidade da capital ser transformada numa Manaus, em referencia á mortandade de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no Amazonas.

O pedido para o fechamento das divisas e fronteiras foi feito pelo chefe do executivo acriano diretamente ao Ministério das Relações Exteriores, em Brasília. Na solicitação, o governo acriano ainda pediu a inclusão da divisa do Estado com o Amazonas, e as fronteiras do Acre com a Bolívia e o Peru, que ainda não começaram a campanha de vacinação. Cameli teme também que estrangeiros furem a fila de forma ilegal e tome a vez de acreanos que residem no Estado na campanha de vacinação. Da capital federal Gladson vai até São Paulo onde deve comprar mais 1 milhão de doses do imunizante para combater o novo coronavírus. 

Fonte - NewsRondonia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.