News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021

Livre

Após vacinação, Israel observa redução nas infecções por Covid-19

Conforme o Maccabi Healthcare Services, dois dias após a segunda injeção, houve queda de 60% nas hospitalizações entre pessoas vacinadas com mais de 60 anos
Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021 - 11:14

As vacinas estão evitando rapidamente casos graves de COVID-19 entre os membros mais vulneráveis da sociedade, indicou um provedor de saúde israelense.

Os efeitos totais da vacina da Pfizer estão programados para começar cerca de um mês após a primeira injeção, mas dados de Israel, local da campanha de vacinação mais rápida do mundo, já mostraram que há uma queda acentuada nas infecções antes mesmo deste ponto.

Atraindo amplo interesse internacional ao compartilhar dados iniciais, o Maccabi Healthcare Services informou no início deste mês que observou uma redução de 60% nas infecções por coronavírus três semanas após a primeira injeção ser administrada.

Agora, Maccabi está começando a responder à pergunta que hospitais e gestores em saúde em todo o mundo estão fazendo ansiosamente, em meio a temores de colapso dos serviços de saúde: quando é que as enfermarias hospitalares começarão a perceber os benefícios da vacinação?

A redução nas internações hospitalares é rápida após a vacinação, sugerem os dados mais recentes, mostrando que as hospitalizações começam a cair drasticamente após as pessoas receberem a primeira dose da vacina.

Dois dias após a segunda injeção, houve queda de 60% nas hospitalizações entre pessoas vacinadas com mais de 60 anos, após monitorar 50.777 pacientes. Foi realizada uma comparação entre as taxas de hospitalização antes e logo após receber a vacina.

Estes dados são muito importantes e com um forte impacto porque em meio a altas taxas de infecção e a propagação de variantes do vírus é difícil ver em números gerais como a vacinação está influenciando as coisas.

Ao fornecer uma visão sobre as hospitalizações entre os idosos que foram vacinados, esses dados são valiosos.

No entant,o parte da queda pode ser devido a uma tendência das pessoas recém-vacinadas de aderir mais rigidamente às regras de bloqueio, o que causa uma queda na infecção e hospitalização.

O gráfico do Maccabi dá uma imagem real da infecção em Israel, mostrando que até o dia 13 de Janeiro de 2021, os vacinados com mais de 60 anos tinham taxas de infecção semelhantes às da população geral. Então, uma mudança acontece e, no dia 23, ocorrem 18 infecções por dia entre as 50.777 pessoas acompanhadas, mas apenas seis infecções diárias entre as pessoas vacinados.

Esses dados iniciais alimentam nossas esperanças de colocar um fim à pandemia e reforçam a necessidade de vacinarmos o máximo possível da população sem suspender por enquanto os cuidados de uso de máscara e distanciamento social.

Fonte - 20 - Silvio Musman / uai

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.