News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 06 de Março de 2021

Livre

SOS MANAUS: Segundo avião com pacientes de Manaus para tratar Covid chega ao ES

Trinta e seis pacientes do Amazonas ficarão internados no Hospital Dr. Jayme dos Santos Neves, na Serra. Manaus enfrenta colapso no sistema de saúde por falta de oxigênio nos hospitais.
Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2021 - 10:51

Os pacientes de Manaus que foram transferidos para continuar o tratamento contra a Covid-19 em leitos do Espírito Santo chegaram a Vitória na noite desta quinta-feira (21) e na madrugada desta sexta (22).

O primeiro voo da Força Aérea Brasileira (FAB) pousou no Aeroporto Eurico Aguiar Salles, na capital capixaba, por volta das 20h20, com 18 pacientes, sendo 10 homens e oito mulheres. Um segundo grupo, também com 18 pacientes, chegou na madrugada, por volta de 1h45.

Dos 36 pacientes amazonenses que chegaram ao Espírito Santo, 29 estão em leitos de UTI e sete em leitos de enfermaria.

Ambulâncias e profissionais de saúde já aguardavam no antigo terminal do aeroporto. Os pacientes foram acompanhados por médicos e enfermeiros até pousarem em solo capixaba.

Segundo a Secretaria de Saúde do Espírito Santo (Sesa), todos ficarão internados em isolamento no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra.

Oferta de leitos

A oferta de leitos por parte do governo do Espírito Santo foi feita após a capital amazonense enfrentar um colapso no sistema de saúde por falta de oxigênio nos hospitais. A demanda pelo produto cresceu após o recorde de internações.

A transferência de pacientes para outros estados foi uma alternativa para desafogar a demanda na região.

A meta do governo do Amazonas é transferir 235 pacientes para outros estados.

Além do Espírito Santo, também já receberam pacientes do Amazonas unidades hospitalares localizadas no Acre, Maranhão, Piauí, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pará, Goiás, Distrito Federal e Alagoas.

Desde a época do anúncio da oferta de leitos, o secretário de Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes, garantiu que a medida não iria comprometer o atendimento dos capixabas que precisarem de internação e nem aumentaria o risco de contaminação pela doença no estado.

Fonte - 20 - Por Naiara Arpini, G1 ES

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.