News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2021

Livre

Governo Federal publica portaria suspendendo mais de 2 milhões que seriam repassados para SEMUSA

O repasse não foi feito, devido o órgão ter demorado a enviar as informações sobre a fiscalização no SAMU
Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021 - 17:24

Na manhã desta sexta-feira (15) a SEMUSA concedeu uma coletiva para divulgar um balanço dos números do novo coronavírus na primeira quinzena de Janeiro em Porto Velho. Estavam presentes para o anúncio a secretária titular do órgão, Eliana Pasini, a secretária Adjunta, Marilene Penati, o gerente do Call Center, Kaio Henrique e diretores do Departamento de Atenção Básica e Alta Complexidade e da Vigilância em Saúde.

Na ocasião foram divulgados que o Call Center terá contratações de mais profissionais e o aumento de mesas para melhorar o atendimento ao público. As secretárias informaram que o crescimento no número de casos está muito maior do que na primeira onda do vírus, em vista que o Call Center está atendendo mais de 1500 pessoas por dia, e na primeira onda era em torno de 1200 pessoas.

A secretária titular, Eliana, disse que apesar de ter a vacina, ainda haverá risco de proliferação do vírus e que as pessoas terão que se cuidar mesmo após a vacinação.

SUSPENSÃO

Na coletiva, o jornalista do News Rondônia, Carlos Caldeira, perguntou se o problema do documento que a SEMUSA recebeu no dia 3 de Dezembro do Ministério da Saúde, onde foram cobradas informações sobre a fiscalização no SAMU, foi resolvido, tendo em vista que no dia 28 de dezembro, o governo federal publicou uma portaria suspendendo o repasse de R$2.899.260,00 para a SEMUSA, referente à fiscalização no SAMU.

A secretária respondeu: “nós já respondemos ao Ministério da Saúde e já mandamos todas as documentações necessárias para ser feito uma nova avaliação. O que aconteceu é que eles analisaram sem as documentações, porém já mandamos para ser feito uma nova avaliação”.

Perguntado sobre o SAMU ter dificuldade para remoção de pacientes com Covid por falta de oxigênio, a secretária disse que a cidade não parou, muita gente ainda está trabalhando e acidentes ocorrem todos os dias na cidade, e por esse motivo está havendo demora nas remoções, pois o SAMU às vezes lota.

Sobre a questão do exame do Enem que ocorre no próximo domingo (17) a secretária disse que a organização do exame está sendo feita pelo governo federal e que eles estão tomando todas as medidas preventivas para o dia do Enem.

VACINAÇÃO

O Ministério da Saúde anunciou a chegada da vacina no dia 20 de Janeiro e que as vacinações irão começar pelas capitais. Porém a secretária informou que o Estado estará encarregado de distribuir as vacinas para os municípios de Rondônia e que deve demorar alguns dias para chegar aos interiores.

Mas segundo a secretária, o Estado já está se movendo e planejando toda a logística para a distribuição das vacinas nos municípios e a SEMUSA já tem tudo planejado para iniciar as vacinações.

Fonte - 20 - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.