News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Livre

Educação de Trânsito é ferramenta do Detran Rondônia para reduzir acidentes e mortes nas vias

O curso foi ministrado pelo agente de trânsito, Isac Barbosa, lotado na Divisão de Campanhas Educativas da DTET.
Sabado, 26 de Dezembro de 2020 - 14:15

O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a partir da pandemia da Covid-19, tem intensificado as campanhas educativas de trânsito nas mídias sociais do Órgão, atingindo aproximadamente 100 mil pessoas de forma direta e indireta, por meio por meio de veículos de comunicação em todo o Estado.

O diretor geral do Detran Rondônia, coronel Neil Aldrin Faria Gonzaga, ressalta a importância do trabalho educativo que o Órgão desenvolve nos 52 municípios do Estado, com ações voltadas para crianças, jovens e adultos. “É muito importante ensinar a criança na escola noções do que é certo ou errado no trânsito. Quando algum familiar cometer uma irregularidade no trânsito, a criança vai corrigir”, afirma o coronel Gonzaga.

Antes do advento da pandemia, as ações educativas eram realizadas de forma presencial nas escolas, empresas, locais públicos e em eventos, mas com o isolamento social para se evitar a transmissão do coronavírus, o Detran Rondônia passou a produzir mais vídeos educativos e intensificar as publicações nas mídias sociais da autarquia, com realização também de palestras virtuais, alcançando de forma direta cerca de 100 mil pessoas. Onde é possível acompanhar nas mídias sociais do Detran os vídeos educativos.

“Quero agradecer ao governador Marcos Rocha pelo apoio às ações do Detran Rondônia e também a todos os servidores que não mediram esforços para superarmos todas as dificuldades enfrentadas nesse período de pandemia”, disse o coronel Gonzaga.

A diretora Técnica de Educação de Trânsito (DTET), Claudia Roberta Stochi disse que o número de pessoas alcançadas com informações de Educação de Trânsito foi muito maior, pois os veículos de comunicação do Estado divulgam as ações educativas do Detran Rondônia de forma espontânea. “Não conseguimos contabilizar esse alcance, mas sabemos que cada veículo tem o seu público, o rádio chega à zona rural, as emissoras de televisão e os sites atingem milhares de pessoas, mesmo com a pandemia conseguimos alcançar o nosso objetivo”, destaca Stochi.

CURSO DIREÇÃO DEFENSIVA

Detran Rondônia ofereceu curso de direção defensiva para os servidores

Durante a pandemia, o Detran Rondônia realizou o Curso Prático de Direção Defensiva para servidores e fez parte das ações alusivas a Semana Nacional de Trânsito (SNT), que acontece todos os anos de 18 a 25 de setembro, em todo o Brasil, e este ano trouxe como tema: “Perceba o risco. Proteja a vida”.

O curso foi ministrado pelo agente de trânsito, Isac Barbosa, lotado na Divisão de Campanhas Educativas da DTET. O treinamento teve duração de oito horas-aulas, que foram divididas em duas partes: a primeira, composta de aula teórica e a segunda, com aula prática, cumprindo com a Resolução n. 789/2020 Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O treinamento prático especializado em direção defensiva teve por objetivo atualizar e melhorar a habilidade do motorista ao conduzir o veículo, prevenindo acidentes no trânsito, promover a direção segura, bem como ensinar técnicas de reação, prevenção e conhecimento do veículo que conduz.

Isac Barbosa ressalta que direção defensiva pode evitar acidentes, evitar danos materiais e evitar mortes, ou que pessoas fiquem com sequelas graves causadas por acidentes de trânsito. Algumas atitudes no trânsito são fundamentais, como evitar ultrapassagens perigosas, não respeitar a sinalização de trânsito e manter sempre o veículo em condições de uso.

Com o abrandamento das fases do Plano Todos por Rondônia, de distanciamento social, nos municípios na Fase Três, servidores da Diretoria Técnica em Porto Velho e do interior do Estado voltaram a desenvolver algumas atividades de forma teatral na rua, mas sem abordagem.

O trabalho é dirigido pela atriz bonequeira, Vavá Castro. Quando o semáforo fecha para os veículos, entram em cena os atores. A peça “Ação e Re-Ação”, traz na primeira cena o tema “Álcool e direção não combinam”. Entra na via (faixa) um ator com um volante simulando que está dirigindo com uma garrafa de cerveja em uma das mãos, em dado momento a morte com uma foice e uma capa preta vai até o motorista e o acolhe, alertando aos motoristas que a fatalidade pode acontecer com quem ingere bebida alcóolica e dirige.

A segunda cena da “Ação e Re-Ação” alerta para quem fala ao telefone celular e dirige, onde a falta de atenção no trânsito ao conduzir um veículo também pode provocar acidente de trânsito e até a morte. A terceira cena, traz como tema “Brincadeira na rua não tem graça”. O ator entra na faixa de pedestre brincando com uma pipa, e distraído pode ser atropelado por um veículo. O fato do ator que interpreta a morte envolver os atores em sua capa preta gera um impacto em quem está assistindo a cena e ao mesmo tempo cria uma consciência do que é errado no trânsito.

A encenação também alerta aos pedestres que atravessam a rua falando ao telefone celular e aos ciclistas, afinal o trânsito é feito por ciclistas, motociclistas e veículos automotores. A atriz Vavá Castro explica que a arte é um dos caminhos para levar Educação de Trânsito para as pessoas de uma forma leve e de fácil compreensão e que as pessoas gostam e prestam atenção no ato que está sendo realizado, enquanto aguardam o semáforo abrir para seguirem viagem.

REDUÇÃO DE MORTES NO TRÂNSITO

Em 2019 o Detran Rondônia registrou redução 4,06% de mortes por acidentes de trânsito se comparado a 2018. O número caiu de 394 óbitos em 2018 para 378 em 2019.

O número total de acidentes também registrou queda de 14.176 em 2018 para 13.702 em 2019 em todo o Estado de Rondônia, sendo que dos 13.702 acidentes ocorridos no ano passado, 9.848 teve o envolvimento de motocicleta, o que representa 63,77% dos casos de acidentes.

O índice de mortos no trânsito por grupo de habitantes no Brasil, conforme prevê a meta do Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans), criado pela Lei n. 13.614/18, é de 4,52%, e o índice do Estado de Rondônia é de 3,72%, bem abaixo do índice nacional.

Fonte - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.