News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021

Livre

SAÚDE - Consultoria do Hospital Sírio Libanês apresenta diagnóstico final do João Paulo II e Hospital de Base, em Porto Velho

O Projeto do Hospital João Paulo II desde o início sensibilizou muito a consultoria, especialmente pelo grau de dificuldade e grandeza do desafio.
Quarta-Feira, 16 de Dezembro de 2020 - 16:44

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) recebeu por videoconferência o resultado final da consultoria a custo zero realizada por técnicos do Hospital Sírio-Libanês (SP), no Pronto Socorro João Paulo II e no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro (HBAP), através do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS).

“O Projeto do Hospital João Paulo II desde o início sensibilizou muito a consultoria, especialmente pelo grau de dificuldade e grandeza do desafio. Os nossos consultores cada vez que voltavam de Porto Velho, vinham mais convictos que era possível fazer muita coisa, mas que a missão era árdua, e seguramente não dependeria apenas de ações naquela unidade, sendo necessária uma intervenção na Rede de Atenção à Saúde. O encerramento desse projeto foi gratificante. Certamente há muito a ser feito, mas deixamos um hospital em melhores condições de atendimento e muito bem dirigido. Esperamos que seja dado continuidade ao trabalho iniciado e que sigam com o firme propósito de oferecer o melhor atendimento possível”, destacou Paulo Malabarba, consultor sênior do HSL.

Ainda de acordo com o consultor, a pandemia fez com que não fosse seguido à risca o planejamento feito por eles para o Hospital de Base. “No que se refere a acompanhar presencialmente as ações dos projetos estabelecidos para o HB. Por sua vez, o hospital teve que mudar seus planos, suspendendo temporariamente a execução dos projetos que havíamos previsto, para se dedicar à exigência dos novos tempos, priorizando as ações em combate à Covid-19. Mesmo assim, por ocasião do encerramento deste projeto percebeu-se o crescimento e a evolução dessa unidade, muito em razão da reestruturação organizacional que desencadeou uma série de ações de melhorias. A persistência em dar continuidade aos projetos em andamento certamente trará benefícios para todos e muita satisfação aos usuários”, ressaltou Paulo Malabarba.

O Proadi-SUS é uma conquista do Governo do Estado de Rondônia junto ao Ministério da Saúde. A consultoria teve inicio em maio de 2019, com o seguinte cronograma: de abril a agosto, o desenvolvimento do diagnóstico; em setembro, apresentação do relatório do diagnóstico; em outubro e novembro, desenvolvimento do plano de ação; de novembro a março de 2020, reuniões de trabalho; de março a julho, interrupção do projeto por conta da pandemia; em agosto de 2020, retomada das reuniões; outubro. encerramento das reuniões de trabalho; novembro e dezembro, elaboração do relatório e apresentação final.

O secretário da Sesau, Fernando Máximo, disse que a saúde precisa de atenção e que a prioridade dele e do governador Marcos Rocha é a construção do novo João Paulo II. “Esse ano está sendo muito difícil, por conta dessa pandemia, mas paralelo ao combate à Covid-19, a Sesau vai trabalhando em outras vertentes, a saúde não pode parar. Agradecemos essa consultoria a custo zero, com os melhores profissionais de um hospital de referência que é o Sírio Libanês, iremos dar continuidade aos trabalhos realizados. Porém, sabemos que precisamos construir o novo Pronto Socorro do Estado, que ainda é a nossa prioridade e do governador Marcos Rocha”, disse o secretário de saúde, Dr. Fernando Máximo.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.