News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021

Livre

Infectologista alerta que a transmissão do vírus permanece ativa e que cuidados devem ser preservados com a chegada do Verão

Preocupação do especialista é que praias, clubes e pontos turísticos recebam grandes aglomerações de pessoas e que a transmissão do vírus seja potencializada nesse período
Terça-Feira, 15 de Dezembro de 2020 - 15:23

Há uma perspectiva, a partir de um recente Boletim divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), de que o número de mortes pela covid-19 permanecerá alto nos próximo meses, caso o cenário de aglomerações atuais permaneça, Com a proximidade da estação mais quente do ano e devido às temperaturas mais elevadas em determinados dias, o que se observa, de norte a sul do País, são praias, clubes e pontos turísticos, tomados por pessoas sem máscara e compartilhando copos e objetos.

Para especialistas, a recomendação, até a vacinação em massa da população, ainda é “fique em casa”. Embora o Ministério da Saúde tenha publicado em junho no Diário Oficial da União uma portaria (nº 1.565) com orientações para retomada das atividades e convívio social seguro, o documento não traz recomendações sobre os cuidados nas praias, por exemplo, e dá a prerrogativa para que estados e municípios definam as suas próprias regras de isolamento.

Diante disso, o infectologista Dr. Renato Grinbaum, docente do curso de Medicina da Universidade Cidade de S. Paulo (Unicid), instituição que integra a Cruzeiro do Sul Educacional, alerta que a pandemia continua e que a transmissão do vírus permanece ativa.

“A minha maior preocupação é que devido a essas aglomerações, fomentadas pela chegada do verão, é que a transmissão do vírus seja potencializada, ocasionando o aumento no número de casos e por consequência, mais mortes. As pessoas ainda precisam manter o distanciamento social e manter os cuidados sanitários”, enfatiza.

Para o infectologista, é de conhecimento público que ambientes externos e abertos têm menor probabilidade de espalhar o vírus do que locais fechados. Entretanto, Grinbaum afirma que o risco ainda existe e quanto maior a proximidade entre as pessoas, sobretudo àquelas que não pertencentes à família, maior a chance de contaminação.

“No que se trata de recomendação, devemos sempre pensar no tripé da prevenção: distanciamento, uso de máscara e higienização de mãos. As demais orientações são secundárias e de menor eficácia. É por isso que sou enfático e repito, a pandemia ainda não acabou e precisamos nos cuidar. Quanto ao uso desses espaços, praias, clube ou pontos turísticos, por exemplo, é necessário limitar o uso de pessoas para garantir o distanciamento, e além disso, deve-se ter uma rígida orientação verbal seguida de uma fiscalização eficiente, tenho sim essa preocupação. Devemos ser responsáveis e conscientes”, argumenta.

Por fim, o infectologista orienta que as pessoas devem respeitar as políticas estaduais e municipais para controle da covid-19, seja na praia ou em qualquer outro ambiente, porém, a consciência é individual e está acima de qualquer regra. “Lembre-se que, ao se proteger, você reduz as chances de propagação do novo coronavírus e protege outras pessoas. Essa é principal regra que devemos seguir. Não é porque o verão se aproxima que devemos relaxar. O calor não nos imuniza do vírus”, contextualiza.

Dr. Renato Grinbaum - Renato atua como médico infectologista. Doutorado em Clínica Médica. Atualmente é Professor da Universidade Cidade de São Paulo. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Clínica Médica, atuando principalmente em: residência, infectologia, infecção hospitalar e antimicrobianos.

###

Sobre a Unicid - Fundada em 1972, a Universidade Cidade de São Paulo – Unicid é referência na formação de profissionais da área da saúde, com cursos tradicionais e pioneiros na região como Fisioterapia, Odontologia, Enfermagem e Medicina. Além disso, reúne cursos respeitados em diversas áreas do conhecimento e possui mais de 70 mil alunos na graduação, pós-graduação lato e stricto sensu, presenciais e a distância, cursos de extensão e programas de parcerias no Brasil e no exterior. Integra o grupo Cruzeiro do Sul Educacional, um dos mais representativos do País, que reúne instituições academicamente relevantes e marcas reconhecidas em seus respectivos mercados, como Universidade Cruzeiro do Sul e Universidade Cidade de São Paulo – Unicid (São Paulo/SP), Universidade de Franca - Unifran (Franca/SP), Centro Universitário do Distrito Federal - UDF (Brasília/DF, Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio - Ceunsp (Itu e Salto/SP), Faculdade São Sebastião – FASS (São Sebastião/SP), Centro Universitário Módulo (Caraguatatuba/SP), Centro Universitário Cesuca (Cachoeirinha/RS), Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG (Bento Gonçalves e Caxias do Sul/RS), Centro Universitário de João Pessoa – Unipê (João Pessoa/PB), Centro Universitário Braz Cubas (Mogi das Cruzes/SP) e Universidade Positivo (Curitiba, Londrina e Ponta Grossa /PR), além de colégios de educação básica e ensino técnico. Visite: www.unicid.edu.br e conheça o Nosso Jeito de Ensinar.  

Fonte - Assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.