News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 16 de Maio de 2021

Livre

Sexo Sem Amor? - Por Renata Camurça

Escolher ler qualquer livro da Vi Keeland é garantia de ótima leitura. Já li algumas de suas obras e amei todas.
Segunda-Feira, 07 de Dezembro de 2020 - 15:46

Livro: Sexo Sem Amor?
Autora: Vi Keeland
Páginas: 416
Universo Dos Livros

Sinopse:

unter e Nat se conheceram em uma festa de casamento – ele entre os convidados do noivo, e ela, da noiva. A atração era intensa e mútua, mas Nat, depois de seu último e desastroso relacionamento, havia prometido não mais se interessar por homens charmosos, convencidos e lindos de morrer.

Até que, certa noite, Hunter aparece na casa da mãe dela durante uma reunião familiar. Ele iria trabalhar durante oito semanas na cidade em que Natalia morava e, então, propôs que passassem esse período transando até não poder mais.

Escolher ler qualquer livro da Vi Keeland é garantia de ótima leitura. Já li algumas de suas obras e amei todas. A autora escreve romance erótico como ninguém e em “Sexo Sem Amor?” não foi diferente, um livro envolvente, divertido e que me fez suspirar.

Nessa história, o nosso casal protagonista é formado por Natalia e Hunter. Os dois se conhecem em uma festa de casamento de amigos em comum. A atração é sentida desde o momento que trocaram as primeiras palavras ou alfinetadas.

Primeiro diferencial de Vi Keeland: os personagens temem entrar em um relacionamento, não por traumas do passado, na verdade, o receio está no futuro.

Nat como gosta de ser chamada é uma mulher encantadora, consegue ser ao mesmo tempo forte e delicada.

Nossa protagonista tem 28 anos, é divorciada e tem a guarda provisória da filha de seu ex-marido. Nat ama com todo seu coração a enteada Izzy de 15 anos, faz de tudo para ter uma boa relação com a filha postiça e sofre na maioria do tempo por não saber se está fazendo a coisa certa.

Segundo diferencial de Vi Keeland: personagens maduros que retratam questões da vida real, divórcio, criação de uma enteada adolescente, apoio familiar, decisões relacionadas a saúde...

Hunter é confiante, divertido, protetor, honesto, companheiro, cavalheiro, desavergonhado e boca suja. Resumindo, ele é perfeito!

Mesmo estando bastante interessada em Hunter, Nat sabe que ao entregar seu corpo, também vai estar entregando seu coração ao homem que não sai de seus pensamentos, então oferece a única opção capaz de mantê-la segura, a amizade sem sexo.

Hunter aceita a oferta, mas não desiste, faz de tudo para conquistar Natalia e entre demonstrações de carinho, companheirismo e conversas apimentadas, o nosso galã vai roubando beijos e derrubando os muros construídos por Nat.

Terceiro diferencial de Vi Keeland: a autora cria diálogos sensacionais, uma verdadeira troca de frases espirituosas e inteligentes.

O tempo vai passando, os dois se tornam grandes amigos e vai ficando cada vez mais difícil de resistir a atração, sendo assim, Hunter reformula o acordo e propõe sexo sem amor. Finalmente Natalia aceita, os dois se entregam e descobrem que amar não é mais uma opção.

Quarto diferencial de Vi Keeland: os personagens se conhecem primeiro, criam uma relação de amizade e respeito, para depois acontecer o envolvimento de verdade. Amizade, paixão e amor, nessa ordem, sem a fantasia de amor instantâneo.

Natalia e Hunter ficam cada vez mais próximos e quando tudo indica que o casal está caminhando para um relacionamento sólido, Hunter lembra dos motivos que o impedem de ter um futuro com Nat e coloca um ponto final no acordo.

Você que está lendo está resenha, vai me perguntar: Renata, se esse é um livro hot, onde está o sexo na história?” Te respondo agora mesmo.

Quinto diferencial de Vi Keeland: os personagens são altamente atrevidos e falam abertamente sobre sexo desde a primeira página do livro e quando toda ação de fato acontece, a autora descreve a cena de forma sensual, com bastante detalhes, usando uma linguagem adulta e até mesmo pesada. A história tem conteúdo e o sexo fica em segundo plano, apenas um complemento.

O livro é narrado em dois tempos: no presente, praticamente todos os capítulos apresentam o ponto de vista da Natalia e alguns capítulos decisivos são narrados por Hunter. No passado, todos os capítulos são contados por Hunter. Aos poucos vamos conhecendo a história do nosso personagem, até o ponto de entendermos o que de tão grave aconteceu em seu passado que o impede de ter uma vida amorosa permanente.

Sexto diferencial de Vi Keeland: a autora surpreende o leitor com um rumo inesperado na história. Nunca espere pelo obvio!

Consideração final – “Sexo Sem Amor?” é um livro maravilhoso, irreverente, engraçado, fascinante e sentimental. Sinceramente, eu amei a história e indico para quem aprecia um livro bem escrito. Aqui não existe preconceito literário!

Quotes:

“Prefiro viver a vida olhando para frente, não para trás. Se olhar demais pelo retrovisor, você pode acabar perdendo o que está bem na sua frente.”

“Quanto mais negamos a verdade, mais poder ela passa a exercer sobre nós.”

“A química pode fazer as pessoas querem ficar juntas. Confiança, respeito e compatibilidade é que são as chaves para manter as pessoas juntas.”

“Quando se passa tempo demais no passado, tentando entender por que determinada situação deu errado, perdemos a chance de seguir em frente.”

“Às vezes você planeja um rumo na vida e depois tem de desviar, e acaba sendo o caminho certo.”

“Às vezes a autoconfiança é uma máscara para que as pessoas não vejam as suas inseguranças.”

“Na vida, o mais importante não é vencer – é aquela pessoa para quem você liga para contar que venceu.”

Veja também:

Coluna Leitura Finalizada: Spin-Off

Coluna Leitura Finalizada – Onde Mora o Coração

Fonte - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.