News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 23 de Janeiro de 2021

Livre

Lenha na fogueira: Colégio Dom Bosco

O governo estadual não poderia ajudar, garantindo o funcionamento do Colégio que tantas glórias deu ao estado de Rondônia?
Domingo, 06 de Dezembro de 2020 - 21:07

Apesar de acreditar que só quem está calçado, é que sabe onde o sapato aperta.


Ainda não estou convencido do fechamento do Colégio Dom Bosco e por isso, estou buscando respostas para várias perguntas.


Por exemplo: será que a ISMA não tinha outra saída, para a crise que segundo sua diretoria, causou o fechamento do estabelecimento de ensino?


O governo estadual não poderia ajudar, garantindo o funcionamento do Colégio que tantas glórias deu ao estado de Rondônia?


O Conselho de Educação também não poderia procurar uma saída sem que fosse preciso fechar o colégio?


Será que nossos políticos, deputados e senadores não poderiam colocar emendas para salvar o Colégio da falência?


A diretoria da ISMA apontou como um dos motivos da decisão de encerrar as atividades educacionais do CDB a inadimplência das mensalidades dos alunos.


Será que essa decisão não foi precipitada, afinal de contas, o Colégio Dom Bosco pode ser considerado como Patrimônio Imaterial do Estado de Rondônia apesar de não ter sido tombado.


O CDB pela importância exercida na formação de centenas de milhares de jovens em nosso estado, merecia um tratamento especial das nossas autoridades.


Daqui a pouco a ISMA "encasqueta" e fecha o Colégio Maria Auxiliadora.


Aqui cabe mais uma pergunta: Como é que o Dom Bosco é deficiente financeiramente falando e o Maria Auxiliadora que mesmo trabalhando com a mesma mercadoria não o é?


Acho que esse assunto merece uma reflexão mais que profunda.


Não é apenas usar os meios de comunicação e postar uma nota e pronto.


Nossa Cultura merece ser respeitada e o Colégio Dom Bosco é Patrimônio Cultural do Estado de Rondônia!


Por falar em cultura! Ainda este mês os artistas começam uma nova fase em suas produções culturais, acontece que tanto o governo estadual como o municipal, vão começar a repassar aos contemplados, os recursos oriundos da Lei Aldir Blanc.


Tanto a Sejucel como a Funculural começam a pagar os artistas e seus projetos a partir desta semana.


Isso quer dizer, que vamos iniciar 2021, com muitas ações culturais, graças aos recursos da Lei Aldir Blanc disponibilizados governo federal.


Quem sabe as novas produções, sejam apresentadas com a presença ao vivo do público, pois todos estamos esperançosos que a Vacina logo, logo começa a ser aplicada na população.


O ano de 2021 está propenso a ser dos melhores, para todos os segmentos culturais e de todos os demais setores da economia mundial.


Porém, enquanto essa positividade não chega, vamos continuar seguindo as recomendações da OMS, ou seja, lavar as mãos com água e sabão ou então usar álcool em gel e se for sair de casa não esquecer de usar máscara.


Lembrando que a Exposição: "As 15 Estações da Via Sacra" continua na Casa da Cultura Ivan Marrocos. O artista plástico João Zoghobi autor das telas, tem o maior prazer em receber os  Visitantes.

Fonte - Zé Katraca - NewsRondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.