News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020

10 anos

Polícia civil prende assaltantes após tiroteio na BR-364

Um policial foi baleado e por sorte a bala acertou o aparelho celular, causando apenas danos materiais.
Terça-Feira, 17 de Novembro de 2020 - 20:01

Alexsandro S.L. e Durvalino M.G.N., ambos maiores de idade e ex-presidiários, foram presos na tarde desta terça-feira (17), após terem trocados tiros com uma equipe da polícia civil da delegacia especializada de patrimônio na BR-364 com a estrada de Teotônio no KM 17 sentido distrito de Jaci-Paraná.

Os policiais já estavam investigando a quadrilha por vários roubos de caminhonete onde tinham como vítimas empresários. Segundo informações repassadas através de denúncia anônima, na manhã de hoje eles renderam um empresário na frente de uma agência bancária no centro da capital e roubaram uma caminhonete Fiat Toro e o levaram como refém.

Os policiais ficaram sabendo que eles iriam levar a caminhonete para Guajará-Mirim e seria atravessada para o lado boliviano. Eles fizeram campana às margens da Rodovia onde puderam avistar o carro da vítima se aproximando onde foi feito uma Barreira. O suspeito Durvalino tentou fugir e sacou de uma pistola e atirou por várias vezes contra os policiais que revidaram a injusta agressão, onde o suspeito Durvalino que atende pelo apelido de “Tubarão” foi atingido por pelo menos dois tiros e caiu ao solo e o suspeito Alexsandro o Vulgo “Três Marias” se entregou.

Os policiais perceberam que a vítima ainda estava dentro do carro muito assustado. Os bandidos ainda tentaram pegar a vítima para usa-la como escudo humano. Outros dois bandidos que estavam no apoio e ocupando uma picape Strada abandonaram o carro e fugiram para dentro de uma área de mata fechada, não sendo possível serem presos. A quadrilha pode ser responsável por outros vários crimes de roubos de veículos e de estabelecimentos comerciais na capital. Os policiais civis receberam apoio do 2º DP.

O baleado foi socorrido pelos civis até a emergência do hospital João Paulo II. Um policial durante a troca de tiros teve muita sorte. Ele foi baleado, mas o único dano causado pela bala foi o aparelho celular que ficou destruído pelo tiro. 

Fonte - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.