News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020

Livre

Lenha na fogueira: FACA DE DOIS GUMES

Em determinada eleição, já nos anos 2000, a primeira dama, na tentativa de obrigar os COMISSIONADOS a votar na reeleição do seu marido, então governador do estado.
Domingo, 15 de Novembro de 2020 - 09:36

Vamos descontrair um pouco lembrando alguns fatos que aconteceram em eleições passadas realizadas em Rondônia.


Esse negócio de forçar o funcionário público detentor de CDS ou Gratificação, a votar em determinado candidato, atua na maioria das vezes, como "FACA DE DOIS GUMES";


Em determinada eleição, já nos anos 2000, a primeira dama, na tentativa de obrigar os COMISSIONADOS a votar na reeleição do seu marido, então governador do estado.


Não só os convocava para participar dos COMÍCIOS e REUNIÕES, como fazia CAHAMDA: Comissionados da SECEL, ADM. SEDUC etc; e passava a chamar pelo nome, quem não estivesse presente, no outro dia teria que justificar a ausência se não perdia a GRATIFICAÇÃO.



No tempo de CUTUBA e PELE CURTA o pessoal do Renato Medeiros candidato a Deputado Federal, contratou um cidadão conhecido como Favacho para comandar a campanha em Guajará Mirim. Enviou bastante dinheiro para o Favacho reunir os eleitores num comício que Renato faria na Pérola do Mamoré.


A Caravana do Candidato chegou a Guajará e foi direta para o local do comício. No local não tinha quase nenhum eleitor, então começaram a questionar Favacho sobre os eleitores e ele dizia: Calma, na hora certa eles vão chegar em uma grande passeata.


O tempo foi passado e nada de eleitor e a turma cobrando do Favacho, foi então que ele apontou numa determinada direção e realmente vinha uma passeata com muita gente.


O pessoal do Renato até se animou, porém, quando a passeata foi se aproximando a decepção foi geral:


Acontece que os integrantes da passeata do Favacho cantavam com todas as forças de seus pulmões:


Dom Renato, Dom Renato, Dom Renato (em castelhano); Dom Renato, Dom Renato. Era tudo BOLIVIANO. Até hoje tem gente correndo atrás do Favacho.


Nessa mesma eleição os candidatos a deputado federal eram: Aluízio Ferreira e suplente o Paulo Leal.


E Renato Medeiros com seu suplente Miguel Chaquiam.


Naquele tempo o povo acompanhava a apuração ouvindo um serviço de Alto Falante instalado na Praça Rondon


E aconteceu que Aluízio e Paulo dispararam na frente e de vez em quando surgia um voto para Renato e Chaquiam.


E o povo fazia a gozação: 'Alisa o Pau'; 'Renato Chateando'.


Neste dia 15 de novembro a comemoração é pela Proclamação da República, caso fosse dia de semana seria feriado nacional.


Em tempo de pandemia a Justiça Eleitoral aproveitou a data e marcou as eleições municipais para o 15 de novembro.


Apenas em Macapá no Amapá não acontecerá a votação em virtude do problema com a energia elétrica pela qual passa a capital do Centro do Mundo.


Em consequência da Pandemia do novo coronavírus a Justiça Eleitoral elaborou um plano de segurança sanitária com diversas recomendações aos eleitores sobre procedimentos a serem adotados durante a votação de hoje.


Se apresentar febre, não saia de casa. No transporte até o local de votação, mantenha distância de, no mínimo, um metro das outras pessoas em filas e evite entrar em veículos cheios.


Mantenha distância de, no mínimo, um metro das outras pessoas dentro dos locais de votação. Evite contato físico com outras pessoas, como abraços e apertos de mão.


Permaneça nos locais de votação apenas o tempo suficiente para votar. Use máscara desde o momento que sair de casa até a volta.


Se possível, leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação.


Higienize as mãos com álcool em gel antes e depois de votar.


E o  mais importante: Escolher o candidato que você tem convicção de vai cuidar com responsabilidade da nossa cidade/município.


Lembre-se: "Um voto é como um rifle, sua utilidade depende do caráter do beneficiado. " TEDDY ROOSEVEL 

Fonte - Assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.