News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020

Livre

Candidatos a prefeito de Porto Velho recebem carta com compromissos ambientais

Objetivo da Fundação Grupo Boticário é apresentar oportunidades para que a natureza seja inserida de forma efetiva na gestão pública dos municípios em todo o Brasil
Sexta-Feira, 13 de Novembro de 2020 - 16:24

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza enviou a cerca de 600 candidatos a prefeito, incluindo os de todas as capitais, carta que relaciona compromissos na área ambiental que podem ser assumidos no âmbito dos municípios. As ações sugeridas estão relacionadas com segurança hídrica, conservação de áreas protegidas, estímulo a negócios baseados em modelos de desenvolvimento sustentável, entre outros. O objetivo da iniciativa é chamar a atenção dos futuros prefeitos sobre o papel fundamental da municipalidade na proteção do meio ambiente.

“Assumir a gestão do município, pelo período de quatro anos, significa tomar decisões e definir estratégias com impactos que muitas vezes ultrapassam o tempo de mandato. Os municípios têm papel central na mobilização da sociedade. Mudanças locais para trazer maior resiliência diante de eventos climáticos extremos e para proporcionar saúde e bem-estar para a população são medidas que não podem ser ignoradas”, afirma a diretora executiva da Fundação, Malu Nunes.

No documento, são destacados cinco compromissos relacionados ao meio ambiente que podem ser abraçados dentro das competências do poder público municipal: proteger e recuperar áreas de vegetação natural nas bacias hidrográficas; promover a fiscalização de crimes contra a fauna e a flora; criar, ampliar e implementar unidades de conservação; incentivar o turismo sustentável e dotar áreas naturais de infraestrutura apropriada; e alavancar negócios de impacto socioambiental.

O texto lembra os candidatos que “todos os setores produtivos dependem de serviços oferecidos pela natureza em ao menos uma etapa da produção, seja como matéria-prima ou recurso em parte do processo”.

Ao fim, a carta ressalta que, para garantir o bom resultado nos cinco compromissos, é importante oportunizar a criação de um Conselho do Meio Ambiente, de maneira que essas políticas públicas ambientais sejam cocriadas com diversos atores e possam servir à sociedade local no longo prazo. “Esperamos que a conservação da natureza esteja cada vez mais presente no cotidiano de toda a sociedade. E reiteramos, por meio destas recomendações, o nosso compromisso para que esta realidade se concretize na gestão pública dos municípios brasileiros”, diz Malu.

Territórios

Candidatos a prefeito em cidades de regiões onde a Fundação Grupo Boticário atua estrategicamente também receberam documentos com informações específicas sobre essas localidades.

No estado do Rio de Janeiro, por exemplo, além dos cinco compromissos universais, a carta traz informações sobre a Baía de Guanabara para os postulantes ao executivo municipal das seguintes cidades: Cachoeiras de Macacu, Magê, Guapimirim, Itaboraí, Niterói, São Gonçalo, Duque de Caxias e Nova Iguaçu. Território prioritário de atuação da Fundação, a Baía de Guanabara foi palco da iniciativa Oásis Lab – laboratório de inovação realizado no ano passado em parceria com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), que reuniu cerca de 100 participantes de 50 instituições, empresas, indústrias, organizações da sociedade civil (OSC) e órgãos públicos com o objetivo de fortalecer a segurança hídrica e a resiliência costeiro-marinha na região hidrográfica da Baía de Guanabara.

Em Goiás, foi enviada aos candidatos das cidades de Goiânia, Cavalcante, Teresina de Goiás e Alto Paraíso uma carta de compromissos específica para a região onde a Fundação mantém, desde 2007, a Reserva Natural Serra do Tombador, uma área de 8,7 mil hectares no coração do Cerrado brasileiro, bioma extremamente ameaçado e que abriga as nascentes das três principais bacias hidrográficas do Brasil. O texto da região Serra do Tombador destaca, por exemplo, a importância de as prefeituras coordenarem ações de prevenção e combate ao fogo, o que também pode garantir recursos do ICMS Ecológico para os municípios.

Outro território estratégico nas ações da Fundação é a Grande Reserva Mata Atlântica, maior remanescente contínuo do bioma no país. É lá que a entidade mantém, desde 1994, a Reserva Natural Salto Morato, no município de Guaraqueçaba (PR). Trata-se de uma área de 2,2 mil hectares, aberta à visitação turística e que é responsável por preservar espécies importante da fauna e flora da Mata Atlântica. A carta de compromissos sobre a Grande Reserva foi assinada em conjunto com a Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS) e foi enviada aos candidatos de 50 municípios nos estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

Já os candidatos de São José dos Pinhais, município paranaense onde está localizada uma das fábricas do Grupo Boticário, receberam um documento específico sobre a cidade. É lá que a Fundação mantém o Movimento Viva Água, iniciativa em parceria com atores do terceiro setor, da iniciativa privada e do poder público municipal e estadual para contribuir com a segurança hídrica da região por meio do aumento da cobertura vegetal nativa e ações de agricultura sustentável na Bacia Hidrográfica do Rio Miringuava. As informações sobre o Viva Água também foram enviadas aos candidatos das cidades de Curitiba, Araucária e Fazenda Rio Grande, também abastecidas pelo Rio Miringuava. Candidatos de outros 10 municípios da Região Metropolitana de Curitiba também receberam as sugestões para uma gestão com foco na conservação da natureza.

Fonte - Assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.