News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 03 de Dezembro de 2020

Livre

Força-tarefa da Sedam trabalha na proteção dos animais no rio Guaporé

O fenômeno de reprodução do maior quelônio de água doce da América do Sul é considerado um dos maiores do mundo e acontecerá nas praias Alta, Ilha e Suja.
Sabado, 31 de Outubro de 2020 - 11:18

Dentro dos próximos 60 dias nascerão milhões de filhotes de tartarugas (Podocnemis expansa) nas margens do rio Guaporé, na fronteira brasileira com a Bolívia, em Rondônia.


Foto: Rosinaldo Machado (modificada)

O fenômeno de reprodução do maior quelônio de água doce da América do Sul é considerado um dos maiores do mundo e acontecerá nas praias Alta, Ilha e Suja.

Ao amanhecer de quarta-feira (7), em Praia Alta, Costa Marques, o secretário estadual do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Marcílio Leite Lopes, e a chefe do escritório regional da Sedam, Jéssica Torezani, ouviram monitores da Associação Comunitária Quilombola e Ecológica do Vale do Guaporé (Ecovale), que zelam pela reprodução. Eles relataram a ação de traficantes na região.

O rio Guaporé tem mais de 50 quilômetros de praia. Lopes previu a ampliação da Área de Preservação Permanente (APP) para Área de Preservação Integral, o que possibilitaria a inclusão das praias dentro da extensão do Parque Estadual Serra dos Reis, que tem o apoio do Programa de Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa)*.

A vegetação fechada da Área de Preservação Permanente (APP) ao longo das praias expõe um cenário exuberante, quase intocável. No entanto, a reprodução das tartarugas continua ameaçada pela ação de predadores animais e do ser humano.

Fonte - Rondonia-ro

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.