News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020

Livre

Lenha na fogueira: O Homem de Nazaré

A live será apresentada neste sábado dia 31 de outubro e domingo dia 1º de novembro, sempre com início às 19 horas.
Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020 - 15:49

Amanhã a Conexão Norte colocar no ar através de live, o espetáculo "O Homem de Nazaré".


A live será apresentada neste sábado dia 31 de outubro e domingo dia 1º de novembro, sempre com início às 19 horas.


A atriz Lucélia Santos que faz o papel de Maria Mãe de Jesus, está empolgadíssima com a live do Grupo Êxodo, tanto que está divulgando em suas redes sociais que tem seguidores de praticamente o mundo todo.


Outro ator famoso que também faz parte do elenco da Peça O Homem de Nazaré que será exibida sábado e domingo, é o Carlos Vereza que representou Pilatos.


O Homem de Nazaré, sábado (31) e domingo (1º), virtual será transmitido pelo canal da Conexão Norte no Youtube e na página no face book.


Por falar nisso e não sei por que, estou preocupado com a falta de passageiros, nos ônibus de transporte urbanos em Porto Velho, apesar da nova frota;


Estava analisando cá com meus botões:  como é que a nova empresa de transporte coletivo em Porto Velho, vai conseguir sobreviver.


Durante toda essa semana, achei por bem acompanhar a ocupação dos dos acentos dos ônibus que passam pela avenida Jatuarana na Zona Sul. Sabe de uma coisa?


Poucas pessoas, pouquíssimas mesmo, estão se valendo dos ônibus, que fazem parte da frota da empresa que ganhou o direito de atender a população de Porto Velho.


Olha que os ônibus são novinhos em folha, tem hi-fi e o que é melhor, muitos são climatizados, enfim, os "Azulões", como a população anda chamando os novos coletivos, são confortáveis, mesmo assim, o povo não os utiliza para se deslocar para o trabalho.


Por que será que esse fenômeno está acontecendo aqui em Porto Velho? Talvez seja em virtude da Quarentena, que até bem pouco tempo, obrigava a maioria a ficar em casa e isso, pode ter desacostumado o uso pela população, dos chamados BUSUS. Até porque a empresa anterior, muito antes da Quarentena, quase não funcionava.


Isso contribuiu para que a população passasse a ignorar o transporte coletivo no segmento ônibus e passasse a utilizar os chamados transportes alternativos como: Táxi Compartilhado; Moto Táxi, Aplicativos e até o Táxi convencional.


O grande responsável pela população não estar utilizando Ônibus para se deslocar pela cidade, segundo muitas pessoas me asseguraram, é o PREÇO do passe, 4 Reais e Alguns Centavos.


No Táxi Compartilhado a passagem não passa de CINCO Reais com todo conforto e eficiência, pois o Táxi Compartilhado é muito mais rápido que o ônibus e o valor da corrida é praticamente o mesmo.


Os que atendem por aplicativo também cobram preço convidativos e ainda têm os Moto Táxis e até o Táxi tradicional está com a Bandeirada acessível.


Quer dizer, a empresa que ganhou o direito de explorar o Transporte Coletivo – ônibus em Porto Velho, deve estar pensando no que fazer para melhorar a arrecadação.


Quer dizer, a população de Porto Velho foi tão sacaneada pela falta de respeito das empresas de transporte coletivo, que agora, mesmo com uma frota de Carros confortáveis, oferecidos pela nova empresa, não tá nem aí pera os AZULÕES.


Quer dizer, o prefeito Hildon Chaves pode entrar para a história como o prefeito que resolveu o problema Transporte Coletivo em Porto Velho. Só que com o preço do Passe do Ônibus nesse patamar, o povo vai continuar preferindo o COMPARTILHADO.


Quem sabe, que, com Porto Velho chegando a fase 4 do protocolo da Pandemia, a população volte a pegar ônibus para ir trabalhar.


Acho que a volta ao normal pra valer, só vai acontecer no próximo ano. Aí o prefeito pode ser outro, coisa que acho difícil!

Fonte - Zé Katraca - NewsRondônia
Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.