News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020

Livre

Cristiane Lopes tem um plano inovador para a Regularização Fundiária em Porto Velho

Os focos iniciais da nossa gestão será a priorização da regularização fundiária, melhoria habitacional para ampliar o acesso à moradia digna", destacou a candidata.
Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020 - 09:52

A regularização fundiária será uma das prioridades da gestão Cristiane Lopes, primeira prefeita de Porto Velho e seu vice, delegado Dr. Pedro Mancebo. Por meio da SEMUR, a equipe de trabalho (gestão) pretende estender o processo de regularização fundiária a várias localidades de Porto Velho que ainda não houve. É importante destacar que o Governo Federal será o nosso importante parceiro para garantir habitação aqueles que necessitam em Porto Velho. "O programa habitacional Casa Verde e Amarela já está em reformulação substituindo o Minha Casa Minha Vida. Os focos iniciais da nossa gestão será a priorização da regularização fundiária, melhoria habitacional para ampliar o acesso à moradia digna", destacou a candidata.

É imprescindível a atualização do Georreferenciamento, visto que a última imagem Georreferenciada de Porto Velho ocorreu em 2001, ou seja há duas décadas. Desde então muitas áreas na capital foram ocupadas e consequentemente criadas habitações irregulares. Através do mapeamento atualizado conforme o crescimento populacional de Porto Velho será feita a Regularização Fundiária como deve ser feita, com responsabilidade e sem politicagem, atingindo aos que mais necessitam, as áreas de risco e com o apoio fundamental do Ministério do Desenvolvimento Regional que em 2021 virá com o Programa Habitacional Casa Verde e Amarela.

Por que a importância do Georreferenciamento? Porque através desse importante mecanismo do processo de regularização fundiária e respectivamente da habitação poderemos atualizar a base cartográfica da capital, atualização dos cadastros em Porto Velho e distritos, por meio das secretarias SEMUR, SEMFAZ E SEMA. É importante integrarmos esses cadastros que atualmente trabalham de forma isolada para que haja uma melhor gestão dos servidores integrados para o Georreferenciamento e consequentemente o processo de regularização fundiária. Muitos processos de regularização ainda estão parados ou irregulares e iremos revisar e dar celeridade para esses cidadãos portovelhenses que necessitam regularizar suas habitações.

Nosso plano de Governo é audacioso quanto à Regularização Fundiária e respectivamente a regularização da habitação (imóveis). Será feito um trabalho de parceria com as secretarias que integram o processo para a realização da Regularização de modo que envolva responsabilidade e principalmente observando os critérios legais para que realmente façamos de verdade a melhor Regularização Fundiária da história de Porto Velho, finalizou Cristiane. 

Fonte - 010 - Assessoria
Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.