News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020

Livre

MAIS CALCÁRIO - Governo de Rondônia investe mais de R$ 3 milhões no transporte gratuito de 20 mil toneladas de calcários para pequenos agricultores

Mais de 600 produtores de 37 municípios de Rondônia foram beneficiados com o transporte gratuito do insumo.
Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2020 - 14:40

Neste ano de 2020, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), investiu mais de R$ 3 milhões, provenientes do Fundo de Investimentos e Apoio ao Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira de Rondônia (Proleite) e Fonte 100, no transporte gratuito de 20 mil toneladas de calcário, com o objetivo de atender os pequenos produtores e fortalecer o agronegócio do Estado. A ação faz parte do projeto Mais Calcário, executado em parceria com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e prefeituras municipais.

Mais de 600 produtores de 37 municípios de Rondônia foram beneficiados com o transporte gratuito do insumo. Cada produtor pôde adquirir até 35 toneladas de calcário e a Seagri, realizou o transporte do insumo até o município ou distrito mais próximo da propriedade rural, isso representa mais de 570 bitrens carregados.

“Tem municípios que estão há mil quilômetros de distância da usina de calcário, e para o pequeno produtor bancar esse valor do frete seria praticamente impossível. Ao adquirir o calcário, nós realizamos o transporte e buscamos parceria com os municípios para fazer com que o insumo chegue até a propriedade do produtor. É uma parceria que deu muito certo e os agricultores estão muito felizes com esse apoio do Governo”, explicou o secretário da Seagri, Evandro Padovani.

As 20 mil toneladas de calcário entregues vão recuperar em torno de seis mil hectares de solo degradados da agricultura familiar em todo o Estado. De acordo com Padovani, o calcário é o principal insumo para o produtor recuperar as áreas degradadas. “Com a correção do solo, o produtor poderá duplicar sua produção de leite com uma oferta de melhor pastagem e alimentação aos bovinos, além de aumentar a produção de carne, leite, café, cacau, peixe entre outros. Com isso, consequentemente, aumenta a renda do produtor”, ressaltou.

Dos 37 municípios, os que receberam mais calcários foram: Machadinho d’Oeste, 3.955 toneladas; Vale do Anari, 2.430 toneladas; Nova Mamoré, 1.615 toneladas; Porto Velho, 1.130 toneladas; Cabixi, 947 toneladas; Cujubim, 765 toneladas; Pimenteiras do Oeste, 750 toneladas; Candeias do Jamari, 735 toneladas; Theobroma, 540 toneladas; Alvorada d’Oeste, 420 toneladas; Alto Paraíso, 400 toneladas; Ariquemes, 280 toneladas e Seringueiras também com 280 toneladas. Os demais receberam em torno de 200 a 35 toneladas.

O Governo do Estado está trabalhando com uma nova ata de registro de preço para o transporte gratuito de 50 mil toneladas de calcário, para ser executado em 2021, com o objetivo de dar continuidade ao transporte gratuito de calcário aos produtores. “A nova ata já está em fase de licitação. Essa é mais uma determinação do governador coronel Marcos Rocha para que a Seagri continue apoiando o pequeno produtor da agricultura familiar, em todas as esferas produtivas, do leite, café, piscicultura, cacau, hortifruti granjeiro, entre outros, e sempre em parceria com os municípios”, disse o secretário.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.