News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020

Livre

Candidato a vereador de Jaru tem candidatura indeferida pela Justiça por não conseguir assinar o próprio nome

O Ministério Público Eleitoral manifestou-se pelo indeferimento do pedido de registro.
Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020 - 11:45

A primeira candidatura indeferia ao cargo de vereador do município de Jaru, ocorreu pela ausência de um dos requisitos exigidos para seu registro, a alfabetização.

A resolução n. 23.609/2019, do TSE, impõem aos candidatos, a realização de uma prova simples para testar suas capacidades de leitura e escrita. Divino Cardoso da Silva (PSB), foi submetido a referida avaliação e não obteve êxito em comprovar sua alfabetização.

Ao realizar o cadastro no TSE, o candidato informou que sabia ler e escrever.

Porém ao ser solicitado que o candidato realizasse a reescrita de um provérbio da Bíblia “Provérbios 28:16, “O governante sem sabedoria aumenta as opressões, mas os que odeiam o ganho desonestes prolongarão o seu governo”, foi possível observar que o candidato apenas desenhou as letras do texto, e no momento da leitura o candidato não foi capaz de ler nenhuma palavra do texto.

Ele também escreveu o próprio nome de forma errônea “DIVINO DD SIUVA CAROSA”.

O candidato já havia declarado na última revisão eleitoral em 25/04/2019 que seu grau de instrução era “analfabeto”.

O Ministério Público Eleitoral manifestou-se pelo indeferimento do pedido de registro. Em análise o juiz eleitoral destacou que o referido pedido de registro de candidatura não se encontra em conformidade com o disposto no art. 27 da Resolução TSE nº 23.609/2019, ficando demonstrado, que o candidato não possui capacidade mínima de leitura e escrita, sendo assim indeferida sua candidatura.

Veja na íntegra o teste de Alfabetização!

Fonte - JARUONLINE
Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.